INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA,
MOBILIDADE REDUZIDA, FAMILIARES E PROFISSIONAIS DO SETOR

ED. 115 - Test-Drive Peugeot 408 Business Pro

Aposta da montadora no segmento é o modelo que aparece como uma das melhores opções em relação custo x benefício do mercado

O modelo já é um velho conhecido do público brasileiro. Já teve seus altos e baixos em vendas, mas por ser um dos sedãs com melhor relação custo x benefício atualmente e ter sofrido algumas modificações estéticas e tecnológicas, o Peugeot 408 – agora na versão Business Pro – vem mais uma vez com tudo para o mercado e com atenção especial da montadora para atender, com ele em destaque, o grande e potencial segmento das pessoas com deficiência e familiares.

Por isso, mais uma vez estamos apresentando o modelo na Revista Reação, testando seus pontos positivos e negativos para passar ao leitor as informações sobre o 408, que são de interesse para quem compra um carro com isenção de impostos.

Para os testes, a montadora disponibilizou o modelo para nossa equipe exclusiva de especialistas, que levando em conta todos os detalhes do uso diário de uma pessoa com deficiência e seus familiares, realizou os testes necessários, colocando inclusive o veículo à disposição também dos próprios usuários, para uma avaliação fiel de cada ponto. Tudo isso foi possível também, graças a parceria com a empresa de adaptações veiculares Cavenaghi, com quase 50 anos de mercado e com sede na região oeste da capital paulista, que realizou as adaptações necessárias no carro, viabilizando assim que o mesmo fosse testado pelas pessoas com deficiência.

 

Conforto e dirigibilidade

Se o 408 já era bom, a versão Business Pro veio ainda melhor no quesito conforto e dirigibilidade. Macio e muito gostoso de conduzir, o modelo da montadora francesa produzido no Brasil tem um ótimo desempenho e respostas rápidas aos comandos. A aceleração é perfeita e justa, o que mostra a ótima performance do câmbio automático – de 6 marchas com modo ECO – é extremamente silencioso e sem trancos ou marcação de troca de marchas.

O motor é Turbo THP Flex com 173cv de potência, porém, com baixo consumo de combustível e, segundo a montadora, sem agredir o meio ambiente com baixo nível de emissão de CO². A direção do 408 é muito confortável, gostosa, fácil de manobrar e transmite muita segurança na condução em estrada.

A beleza e o design não passam despercebidos no 408. As linhas mais agressivas e as barras cromadas que fazem sobressair o emblema do Leão – marca característica da Peugeot, fazem a diferença. O modelo ficou com ar mais robusto e requintado ao mesmo tempo.

 

Visibilidade e espaço interno

Como um bom sedã que é, o 408 tem um bom porte e excelente tamanho, tanto externo quanto, principalmente, interno. O motorista com deficiência tem ótimo espaço para sua acomodação e transferência. Os passageiros, mesmos os do banco de trás, também ficam muito bem acomodados. O banco regulável permite uma ótima acomodação para a posição de dirigir do motorista com ou sem deficiências mais graves e lesões de coluna. A visibilidade de todos os pontos do carro é perfeita, com boas noções de distância da frente e da traseira. O acabamento interno é bem limpo e requintado nos detalhes.

 

Acessibilidade, transferência e tecnologia

Quem faz uso de cadeira de rodas não tem do que reclamar do modelo. A altura do carro em relação à cadeira é bastante cômoda para uma transferência – entrada e saída do veículo – sem grandes transtornos. O Peugeot 408 tem bancos reguláveis para o motorista, deixando-o na altura do assento da cadeira de rodas, facilitando essa ação. O ângulo de abertura de portas também é muito bom. Só ficou faltando mesmo, ainda,  uma alça de apoio no teto sobre a porta do motorista, item que facilitaria e muito para o cadeirante se apoiar na transferência, principalmente para entrar no carro. Essa dica já havia sido passada na matéria do teste que fizemos com o modelo em 2011.

Todos os comandos de painel do modelo são bastante acessíveis ao motorista, como o acionamento elétrico dos vidros no encosto do braço esquerdo, que aliás, fica na altura correta para acomodação do mesmo para quem usa e manuseia a adaptação – alavanca de freio e acelerador – quando seu uso é necessário. Os comandos de painel também são bem fáceis de alcançar e manusear, como o multimídia, ar-condicionado e outros botões, além dos comandos atrás do volante, como os do volume e sintonia do rádio, piloto automático e outros. O porta-luvas é um pouco fundo demais e distante do alcance das mãos, principalmente daqueles que possuem uma certa limitação de controle de tronco.  

O sensor de ré no painel também ajuda bastante nas manobras de estacionamento. O modelo vem agora equipado o aplicativo Link MyPeugeot, que envia informações do seu carro direto para o seu celular. Entre elas: autonomia, alerta de revisões e funções - continuar a navegação, por exemplo – que permite seguir uma navegação indicada no Sistema, mesmo fora da veículo, e a função principal e que ajuda e muito: localizar meu veículo. Ela pode informar o ponto da última localização do seu carro.

           

O porta-malas é fantástico !

Um dos pontos mais altos do 408 continua sendo o seu porta-malas... o espaço é maravilhoso. Ele é grande e muito espaçoso, acomodando tranquilamente uma cadeira de rodas – seja ela dobrável em “x” ou monobloco – e ainda sobra um bom espaço para malas e objetos. Muito bom para quem tem família e gosta de viajar. Ideal até mesmo para casais cadeirantes, pois pode levar até duas cadeiras de rodas com facilidade.

 

Tags:

Parceiros

Vinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.x

©2017 Reação Revista Nacional de Reabilitação - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por A4 Agência Digital

Search