ABNT lança Prática Recomendada para orientar a sociedade a minimizar os riscos de contaminação.

Em mais uma de suas iniciativas para contribuir na luta contra a transmissão do coronavírus, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou nova Prática Recomendada, a ABNT PR 1006:2020 – Gerenciamento dos resíduos domiciliares de pessoas com Covid-19. O documento estabelece os requisitos aplicáveis ao gerenciamento dos resíduos gerados nos domicílios pelos pacientes com diagnóstico de caso suspeito ou confirmado de covid-19.

A Prática Recomendada (PR), publicada em 30 de setembro, foi desenvolvida no período de cinco meses, sendo esta uma das características desse tipo de documento normativo, em comparação com as normas técnicas. Elaborada em processo mais simples e mais rápido, a PR tem caráter didático, tornando-se um recurso valioso na disseminação de orientações para a sociedade.

A ABNT contou com a parceria de algumas entidades para a elaboração da nova PR, destacando-se entre elas a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) e o Departamento de Enfermagem Materno-Infantil e Saúde Pública da Universidade de São Paulo, campus de Ribeirão Preto (DEMISP – EERP/USP).

 Empenhada em auxiliar no combate ao coronavírus, a ABNT já publicou as seguintes Práticas Recomendadas:

  • ABNT PR 1002:2020 – Máscaras de Proteção Respiratória de uso não profissional – Guia de requisitos básicos para métodos de ensaio, confecção e uso.
  • ABNT PR 1003:2020 – Ventiladores pulmonares para cuidados críticos – Requisitos e orientações aplicáveis à segurança e desempenho para projeto, fabricação e aquisição
  • ABNT PR 1005:2020 – Máscaras cirúrgicas – Guia de requisitos básicos para métodos de ensaio, fabricação e uso
  • ABNT PR 1007:2020 – Higienização e antissepsia das mãos e limpeza e desinfecção de superfícies.

Todos os documentos são disponibilizados na loja virtual ABNTCatálogo, sendo oferecido acesso gratuito à PR 1003 e à PR 1005, mediante um simples cadastro.

Sobre a ABNT

A ABNT é o único Foro Nacional de Normalização, por reconhecimento da sociedade brasileira desde a sua fundação, em 28 de setembro de 1940, e confirmado pelo Governo Federal por meio de diversos instrumentos legais. É responsável pela elaboração das Normas Brasileiras (NBR), destinadas aos mais diversos setores. A ABNT participa da normalização regional na Associação Mercosul de Normalização (AMN) e na Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) e da normalização internacional na International Organization for Standardization (ISO) e na International Electrotechnical Commission (IEC).

Desde 1950, atua também na área de certificação, atendendo grandes e pequenas empresas, nacionais e estrangeiras. Possui atualmente mais de 400 programas de certificação, destinados a produtos, sistemas e verificação de gases de efeito estufa, entre outros. A sociedade identifica na Marca de Conformidade ABNT a garantia de que está adquirindo produtos e serviços em conformidade, atendendo aos mais rigorosos critérios de qualidade. A ABNT Certificadora tem atuação marcante nas Américas, Europa e Ásia, realizando auditorias em mais de 30 países.