Abril Marrom

Esse mês é dedicado à reflexão da realidade das pessoas com deficiências visuais. Por que Abril Marrom? Vamos recorrer à História: José Álvares de Azevedo nasceu no Rio de Janeiro em 8 de abril de 1834. Cego, ele foi o primeiro professor a trazer para o Brasil, em 1850, o braille.

O Braile, sistema criado pelo francês Louis Braille e que mudou a vida das pessoas cegas em todo o mundo.

A data do nascimento de José marca o Dia Nacional do Braille.Oo mês de abril é dedicado à prevenção da cegueira e também à conscientização sobre a realidade das pessoas cegas ou com deficiência visual severa no Brasil.

José Álvares é o patrono da educação dos cegos. De família abastada, foi para a França em 1844, com apenas 10 anos, para estudar no Instituto Real dos Jovens Cegos de Paris (Institut National des Jeunes Aveugles), e lá ficou por seis anos.

Já Louis Braille ficou cego durante a infância e, em 1825, então com 16 anos, ele apresentou a primeira versão do sistema. O ‘Dia Mundial do Braile’ é comemorado em 4 de janeiro, data do nascimento de seu criador, na cidade de Coupvray, em 1809.

Ações do Abril Marrom

Em todo o país, nesse mês, várias ações são realizadas pensando na reflexão, conscientização e prevenção da deficiência visual.

Atividades de lazer, cultura, seminários e curso acontecem Brasil a fora para não deixar essa data passar em branco.

O Abril Marrom é uma iniciativa muito importante e tem o mesmo valor das outras ações que acontecem durante o ano, como o Outubro Rosa (prevenção do câncer de Mama) e o Novembro Azul (câncer de próstata).

Font Resize