Acessibilidade digital – qual o nosso papel nessa luta?

Descrição da imagem #ParaTodesVerem - sobre fundo roxo, em letras brancas "@GUERREIROSDAINCLUSAO". Abaixo "ACESSIBILIDADE DIGITAL" e "Qual o nosso papel nessa luta?". Ao final, ilustração de um celular onde se vê na tela do aparelho o perfil de uma mulher negra, de blusa azul, usando máscara facial.

Desde a virada do século, é evidente que entramos numa era digital. Praticamente tudo é feito através da internet e seus acessórios: trabalho, educação, localização, informação… São poucas as coisas que não precisamos fazer online. Com a chegada da pandemia do Covid-19, o uso das tecnologias aumentou absurdamente. Mas o que acontece com quem não tem acesso a internet ou as tecnologias tão comuns do nosso dia a dia?

Entender a importância da acessibilidade digital é compreender que como um cadeirante precisa de rampas para exercer seu direito de ir e vir livremente, os surdos precisam de acessibilidade em Língua de Sinais e os cegos de áudio-descrição para usufruir a internet por completo.

De maneira simplificada, a acessibilidade digital é a eliminação de barreiras na web. O conceito pressupõem que as redes sociais e sites possuam ferramentas que garantam que todos possam navegar e interagir de maneira efetiva com as páginas.

No Brasil, segundo o IBGE de 2010, há aproximadamente 45 milhões de pessoas que apresentam pelo menos um tipo de deficiência. Esse número representa 23,9% da população brasileira.

A implementação da acessibilidade digital democratiza o acesso à informação, independente de suas capacidades físico-motoras, perceptivas, culturais e sociais.

O computador e a Internet representam um enorme passo para a inclusão de pessoas, em especial aquelas com deficiência, que podem estudar, trabalhar, fazer compras, pagar contas, compartilhar experiências e conhecimento, sem necessidade de deslocamento, principalmente em meio a pandemia.

Tem muita gente que não tem acesso ou não compreende coisas na internet que são simples para a maioria de nós. A sua empresa ou o seu Blog hoje não conseguem alcançar mais de 10 milhões de pessoas – esse é o número de surdos hoje no Brasil. Isso porque não estamos incluindo as pessoas cegas que não possuem um leitor no computador ou celular. Ás vezes tem e nem conhece essa ferramenta.

No Brasil, pouquíssimos sites são acessíveis – só 1% do total. Isso faz com que as poucas organizações que se preocupam com a inclusão e investem na acessibilidade digital saiam na frente da maioria. Elas têm as portas abertas para mais de 45 milhões de brasileiros com deficiência – um público enorme, com o qual quase ninguém se comunica.

Fontes: https://www.gov.br/governodigital/pt-br/acessibilidade-digital

https://blog.handtalk.me/o-que-e-acessibilidade-digital/

http://guerreirosdainclusao.blogspot.com/

Font Resize