BASF oferece capacitação gratuita e promove inclusão de profissionais com deficiência

Diversidade e Inclusão da BASF

Como parte da sua estratégia de engajamento social, implementada junto às comunidades onde atua, a BASF conta atualmente com dois projetos de formação gratuita, um deles voltado exclusivamente a profissionais com deficiência. O objetivo é aumentar a empregabilidade destes profissionais no mercado. Devido à pandemia, os cursos são realizados virtualmente.

O primeiro curso, voltado à formação de operadores de produção, já contou com duas edições, desde 2020, em Guaratinguetá (SP), cidade que abriga uma unidade fabril da BASF. Realizado em parceria com a Associação Comercial e Empresarial de Guaratinguetá (ACEG) e com o Serviço Nacional da Indústria (SENAI), o projeto é voltado à qualificação de profissionais do município de Guaratinguetá, SP, que estão fora do mercado de trabalho. Até o momento, cerca de 100 pessoas passaram pelas turmas.

A segunda edição do curso, neste ano, contou com cerca de 4.600 inscritos. “O Curso de Operador de Produção ofertado à comunidade guaratinguetaense e região é um exemplo que materializa a Estratégia de Engajamento Social da BASF em nosso município e que reforça o nosso jeito E de aliar o nosso sucesso econômico ao desenvolvimento da sociedade”, afirma o diretor do Complexo Químico de Guaratinguetá & Infraestrutura para a América do Sul, Patrick Silva.

Uma terceira edição exclusiva para pessoas com deficiência está sendo planejada para o segundo semestre.

O outro projeto em andamento é voltado exclusivamente à formação administrativa e socioemocional de pessoas com deficiência. Realizado a partir de 2021, em parceria com a Rede Cidadã – entidade de assistência social que desenvolve programas e projetos de forma continuada -, o curso espera formar mais de 50 profissionais de diferentes estados, que receberão orientação para inserção no mercado de trabalho.

Esta iniciativa é parte da estratégia de Diversidade & Inclusão da BASF e integra o recém-lançado “Projeto Conexão PcD 360”. “Uma das frentes de atuação do projeto tem como objetivo ampliar a empregabilidade das pessoas com deficiência, desenvolvendo competências que poderão ser exercidas no mercado de trabalho”, destaca Bruno Ferrante, gerente sênior de Desenvolvimento de Talentos e Experiência do Colaborador da BASF América do Sul.

“Trabalhamos para ser uma empresa inclusiva e acessível, na qual profissionais com deficiência tenham interesse em trabalhar, se desenvolver e fazer carreira. Até 2022, queremos capacitar mais de 200 profissionais com deficiência para o mercado de trabalho”, completa Karina Chaves, gerente de Diversidade e Inclusão da BASF América do Sul.

Formação de Operadores da Indústria Química em Guaratinguetá (SP)

Após o sucesso da primeira edição realizada em 2020, a BASF iniciou um novo ciclo de Formação de Operadores da Indústria Química, em Guaratinguetá. Participaram 54 pessoas no total, 27 mulheres e 27 homens, dentre eles 13 pessoas com deficiência. Dos 50 participantes do primeiro ciclo, 21 conseguiram se recolocar no mercado de trabalho. Embora não seja uma garantia, os alunos também são avaliados para integrar os processos seletivos da BASF.

“Esta oportunidade foi crucial na minha vida, chegou no momento certo. Esse tipo de iniciativa ajuda a gente a voltar para o mercado de trabalho, tem um grande impacto em nossas vidas”, relata Paulo Cesar Dias, auxiliar administrativo da BASF em Guaratinguetá.

“Essa está sendo uma grande oportunidade de desenvolvimento para mim. Desde o início do treinamento, entrei de cabeça porque observei que a BASF é uma empresa que promove a inclusão. E como profissional com deficiência, é isso o que nós queremos. Queremos participar das tomadas de decisão como todos os outros colaboradores”, comenta Maurício Cardoso Neto, telefonista da BASF em Guaratinguetá.

Programa de Formação integral

Em 2021, o curso realizado em parceria com a Rede Cidadã já formou 44 profissionais com deficiência. Trata-se de um treinamento de capacitação, por meio do ensino à distância, que desenvolve competências técnico administrativas e socioemocionais.

A instituição auxilia na seleção dos candidatos e, após a formação, orienta e encaminha esses profissionais para oportunidades no mercado de trabalho. Dentre as habilidades desenvolvidas estão Inteligência Emocional e Formação Humana, além de capacitação técnica em Administração, Comércio, Varejo e Competências Digitais.

“Investir na formação profissional tem sido uma parte importante da nossa estratégia de D&I. Assim, além destes cursos, outros estão sendo planejados para o segundo semestre de 2021 e para 2022”, completa Bruno Ferrante.

Estratégia de Diversidade e Inclusão da BASF

O trabalho da BASF para fomentar a inclusão de profissionais com deficiência conta com o apoio do seu grupo de afinidade Be Different. Criado em 2019, o grupo auxilia a empresa no processo de aprendizagem, sensibilização, conhecimento e implementação de ações práticas que envolvem a inclusão de profissionais com deficiência.

A atuação do Be Different está ancorada em quatro pilares: atração e retenção focada; sensibilização e cultura inclusiva; ambiente de trabalho; e comunicação e engajamento. A cultura inclusiva da BASF é fomentada por ações como eventos abertos, palestras informativas para colaboradores, circuitos de diversidade nas fábricas, capacitação sobre inclusão e viés inconsciente, além da promoção de pequenos negócios liderados por profissionais com deficiência.

Para ampliar a contratação de pessoas com deficiência, a BASF conta ainda com o apoio de consultorias especializadas. A companhia possui vagas exclusivas para profissionais com deficiência, o que também ajuda atingir as metas estabelecidas. O processo de seleção é feito por meio do Painel Diverso, que consiste em uma entrevista em grupo, na qual 50% dos entrevistadores devem representar pelo menos um dos recortes de diversidade, como gênero, etnia, orientação sexual, nacionalidade ou deficiência.

A iniciativa foi criada para promover a diversidade na empresa, buscando criar um ambiente mais inclusivo e acolhedor para todos os talentos. Além de proporcionar um olhar complementar entre os avaliadores, essa metodologia permite uma avaliação menos influenciada por vieses. Para se candidatar a vagas na BASF, o candidato deve acessar a seção Carreira no site da empresa e acompanhar a postagem de vagas por meio dos canais das empresas parceiras.

Para mais informações, acesse: https://www.basf.com/.