Brasil vence China na prorrogação no goalball feminino

Brasil comemora classificação para as semfinais do goalball nas Paralimpíadas
Wander Roberto /CPB

Uma vitória maiúscula levou o Brasil às semifinais do goallball feminino nas Paralimpíadas de Tóquio. Diante da favorita China, a seleção se fechou na defesa e fez sua melhor partida nos Jogos. Depois de um tempo regulamentar sem gols, a vaga veio em cobrança de penalidade de Carol no primeiro ataque brasileiro no segundo tempo da prorrogação: 1 a 0.

Na próxima fase, em confronto que vale a classificação para a final e a garantia de uma medalha, o Brasil enfrentará os Estados Unidos, que derrotaram o Comitê Paralímpico Russo por 5 a 3

O Brasil passou às quartas de final com a quarta e última vaga do Grupo D após uma campanha difícil na primeira fase. Nela, perdeu para Estados Unidos e Turquiaempatou com o Japão venceu o Egito. A China, dona de três pratas nas últimas três Paralimpíadas, foi o melhor time do Grupo C, somando vitórias sobre Israel, Austrália e Canadá e uma derrota para o Comitê Paralímpico Russo.

Nesta quarta, o Brasil começou jogando com Gaby, Carol e Jéssica e conseguiu impor uma boa defesa. Com seis minutos restantes para o fim do primeiro tempo, o Brasil parou na trave com Jéssica. No lance seguinte Carol deixou a bola escapar, mas se jogou em cima da linha para evitar o gol chinês. As duas defesas seguiram impenetráveis, e o primeiro tempo terminou sem gols.

Fonte: https://ge.globo.com/