CAIXA FEDERAL CELEBRA CONTRATAÇÃO DE MAIS DE 2 MIL PCDs EM TODO O BRASIL

A CAIXA celebrou, durante as solenidades do dia internacional das Pessoas com Deficiência (PCDs), algo inédito em sua história: contratou 2.161 PCDs. Assim, o banco conta, atualmente, com 3.498 PCDs em seu quadro efetivo. De acordo com a instituição, “a CAIXA oferece oportunidades iguais de crescimento a todos os seus empregados, o que proporcionou aos PCDs alcançarem cargos de chefia e direção. Ao mesmo tempo, o banco se manteve como o maior patrocinador nacional dos esportes Paralímpicos”.

Durante a pandemia, o “banco de todos os brasileiros” foi responsável por promover a maior inclusão social, bancária e digital da história do Brasil, ao pagar o Auxílio Emergencial a mais de 67 milhões de brasileiros. 

 

CAIXA Mais Saúde 

Em novembro, o banco lançou outra iniciativa: o CAIXA Mais Saúde, desdobramento do CAIXA Mais Brasil. O objetivo do novo programa é levar soluções e acompanhar de perto a realidade das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs), hospitais, santas casas, lixões e aterros sanitários. 

Em um esforço integrado, 42 dirigentes da CAIXA visitaram 67 municípios para conhecer a realidade de 50 APAES, 34 Hospitais Filantrópicos, 13 Santas Casas e 50 aterros, além de lixões e associações de reciclagem.  

Diante da percepção das realidades locais durante as visitas, a alta gestão do banco decidiu doar computadores, mesas e cadeiras, em um total que ultrapassa 40 mil peças de mobiliários para as APAEs. 

 

Redução de juros 

Outra medida adotada pelo banco foi a redução da taxa de juros do CAIXA Hospitais, de 0,80% para 0,54% ao mês. O programa é voltado para a concessão de crédito a hospitais filantrópicos na forma de antecipação de recursos a receber do Ministério da Saúde (MS), referente aos serviços ambulatoriais e de internações hospitalares prestados ao Sistema Único de Saúde (SUS). 

O CAIXA Hospitais é destinado a entidades filantrópicas e filiais de entidades não filantrópicas conveniadas com o SUS há mais de 12 meses e que tenham recursos financeiros a receber do MS por prestação de serviços relativos a internações hospitalares e procedimentos ambulatoriais.

Font Resize