Candidata com Síndrome de Down é eleita Miss Simpatia da Fenachamp de Garibaldi/RS

Candidata com Síndrome de Down - Miss Simpatia
Cassius André Fanti / Diana foi escolhida Miss Simpatia em votação realizada entre as próprias candidatas

“Ainda temos estrelas para alcançar, sonhos para sonhar, flores para regar, mas, precisamos fazer isso juntos, e vamos fazer isso juntos” é um dos trechos da música que abriu o concurso das Soberanas da Fenachamp 2021, realizado em Garibaldi/RS. A canção A Vida é um Rio, de Raffa Torres, foi interpretada pela cantora garibaldense Marieli Oliveira, acompanhada pelas 12 candidatas do evento.

De acordo com a organização, ela foi escolhida para falar sobre o momento da pandemia, mas ganhou um significado extra com a participação de Diana Chesini Rossi, 27, a primeira candidata com Síndrome de Down da história do concurso, que recebeu o título de Miss Simpatia. A corte que vai representar a edição 2021 do evento ficou composta pela Rainha Verônica Debiasi Martinazzo, 23, junto das princesas Débora Giovanaz, 25, e Laura Bertelli, 21.

Mesmo não entrando para a corte — algo que fazia parte do sonho de Diana — ela diz ter cumprido a missão de “abrir portas” para que algum dia outras meninas com deficiência, quem sabe, possam ser coroadas.

— Ganhar o título de miss, eu não esperava, claro, mas agradeço a todas as meninas que me escolheram e fico feliz por receber esse carinho, esse amor por parte delas. E o que eu queria mesmo era mostrar pras pessoas que somos pessoas, para abrir caminhos, abrir portas para inclusão. As meninas que entraram para corte mereceram ganhar, porque os jurados fizeram o trabalho deles pra escolher e só três entram. Quero dar todo apoio a elas a partir de agora, e elas podem contar comigo sempre — afirma Diana.

A categoria de Miss Simpatia já fazia parte de outras edições do evento, com representante tradicionalmente eleita por votação entre as próprias candidatas, formato que também elegeu Diana. Ela afirma que, após a experiência do concurso, sua vida não será mais a mesma:

– Valeu muito a pena esta caminhada, pude conhecer melhor o município e ter toda essa vivência que foi mágica. Agora muda tudo porque o respeito, o carinho e o reconhecimento que ganhei do município não tem preço — garante a Miss Simpatia.

Fonte: gauchazh.clicrbs.com.br

Font Resize