Como definir um padrão de beleza em um mundo composto pela diversidade estética

modelo com deficiência
Kica de Castro *

Se tem um tema que gera polêmica e boas manifestações feministas, são as tentativas infinitas de padronizar a beleza corporal. Afinal, o que é padrão de beleza?

*legenda da foto: Caroline Marques – modelo com paraplegia.  / “O padrão de beleza é o reflexo do espelho.”

 

* Por Kica de Castro

Essa é uma opção racional de responder a questão. A beleza virou produto e, como tal, tem a necessidade de gerar consumo diariamente para sobrevivência.
Quem trabalha nesse setor acha que tem o direito de ditar as regras, como um conjunto de características físicas que define o que é belo ou não.

O que de fato precisa ser questionado:
– Quem, de fato, define esse padrão conhece a diversidade?
– Por que essa definição, por um pequeno grupo da sociedade, é válida para considerar uma pessoa feia ou bonita para a maioria?

modelo fotografica com tetraplegia
Adriana Buzelin – modelo fotográfico com tetraplegia
“A beleza vai além de ser belo. É se sentir bem consigo mesmo.” Foto: Kica de Castro

Vale a pena ressaltar que rótulos foram feitos para produtos e não para pessoas, assim como o gosto pessoal que não se discute.

Uma forma simples e bem rápida de responder os questionamentos acima é que o padrão de beleza é definido pela mudança cultural da evolução humana e a indústria da beleza: produtos cosméticos, procedimentos estéticos e o mundo conhecido como fashion/moda.

A moda está diretamente ligada com a beleza , pois a roupa tem um papel importante nesse setor. A marca que vestimos é status para muitos, e acaba sendo a ditadora de regras, tendência e comportamento.

O que devemos ter consciência é que existem vários tipos de corpos e as variedades de beleza que mostram que cada pessoa é única, o que acaba afirmando que não é regra que TODOS sejam iguais.

modelo com mielite posando
Paula Ferrari – modelo fotográfico com mielite
“Beleza é aquilo que te faz bem, te faz feliz. O conceito é percepção exclusivamente individual.” Foto: Kica de Castro

As diferenças que fazem ser pessoas belas, aqui cai como uma luva o emprego do termo pessoas especiais, sendo com ou sem deficiência. Cada um precisa saber valorizar a sua beleza natural.

A mídia entra nesse contexto como a grande vilã, uma vez que o tema beleza acaba ganhando destaque com o sucesso de pessoas públicas ou celebridades que estão em maior evidência.

Celebridades transformam a própria imagem em ferramentas de trabalho para o seu sustento em um mundo totalmente capitalista.

Uma outra opção em responder aos questionamentos apontados é o ponto de vista que o cirurgião plástico, Dr. Ivo Pitanguy, costumava dizer que nunca soube definir o que é conceito de beleza, mas sempre que a encontrou soube reconhecer.

Procedimentos estéticos devem ser feitos por questões pessoais e jamais por imposição de terceiros.

Autoestima, auto aceitação e amor próprio em primeiro lugar.

homem cego desfilando fala sobre modelo de beleza
Marcio Monclair – modelo com deficiência visual. “O conceito estabelecido como padrão não existe, até as modelos renomadas passam por retoques de imagem antes de serem capas de revista.” Foto: Kica de Castro

Somos um país miscigenado, por isso não existe UM ÚNICO padrão de beleza. O que existe é diversidade corporal que precisa ser reconhecida pela indústria da beleza e valorizada por todos.

Para fugir desses padrões, que às vezes agridem tanto os aspectos físicos quanto os emocionais, talvez seja necessário um exercício individual.

Mudar seus conceitos do que é belo, priorizar seus pontos fortes e jamais esquecer sua identidade visual, além de ter estilo próprio e aceitar sua beleza natural.

Cuidar da aparência é importante, mas tudo com a devida moderação.

* Kica de Castro é publicitária e fotógrafa. Tem uma agência de modelos exclusiva para profissionais com deficiência, desde 2007.

Apresentadora do programa Viver Eficiente, que tem como objetivo dar voz e visibilidade para pessoas com deficiência.

Instagram: @vivereficiente
vivereficiente@gmail.com

Font Resize