CONADE realiza 2ª reunião extraordinária de 2021

conade logo

O Conselho Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Conade) tomou uma importante decisão durante a 2ª Reunião Extraordinária de 2021, realizada na primeira quinzena de fevereiro.

O órgão “deliberou encaminhar ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos ofício solicitando  a revogação do Decreto 10.611/2021 (que alterou a duração do prazo final do Grupo de Trabalho Interinstitucional sobre o Modelo Único de Avaliação Biopsicossocial da Deficiência para 30 de setembro de 2021)  e a edição de decreto reconhecendo o IFbRM como instrumento de avaliação biopsicossocial e estabelecendo prazo para sua implementação”, afirmou a Conselheira Ana Cláudia Mendes de Figueiredo em rede social.

“Essa decisão homenageia o modelo biopsicossocial da deficiência, que não é pautado mais pela Classificação Internacional de Doenças, como no modelo médico, mas por uma perspectiva relacional, em que a deficiência passa a ser avaliada de forma global, considerando o impacto que os fatores sociais, econômicos, ambientais – e outros – geram nas atividades e na participação social plena e efetiva das pessoas com deficiência em igualdade de condições com as demais pessoas”, afirmou a conselheira que representa a Federação Brasileira de Associações de Síndrome de Down.

Font Resize