Consultor será contratado para atuar na área de acessibilidade para a internet

As inscrições para a contratação de consultor na área de acessibilidade foram prorrogadas.

A seleção do profissional da área de Tecnologia da Informação está sendo realizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Os interessados podem se candidatar até 5 de outubro.

O objetivo é que este profissional auxilie na elaboração de documentos que orientem gestores públicos sobre a utilização de recursos e técnicas de acessibilidade para que promovam o acesso, a interação e a compreensão de conteúdo por pessoas com deficiência por meio de cursos a distância. O material será publicado em meio eletrônico e divulgado para órgãos do Governo Federal, podendo ser aproveitado também por estados e municípios, além de instituições não governamentais.

Confira informações completas no link

https://www.gov.br/mdh/pt-br/navegue-por-temas/atuacao-internacional/Termo_2484619_TR_Como_Fazer_Cursos_a_Distancia_Acessiveis___14_9_2021_.pdf

Para participar do certame, os candidatos devem ter graduação (bacharelado ou licenciatura) em Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia de Computação, Engenharia de Software ou em Computação, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou especialização em Desenvolvimento Web, em instituições reconhecidas pelo MEC.

 

O período de contratação será de 120 dias e o valor disponibilizado para a execução do produto será de R$ 34 mil.

Os interessados devem enviar o currículo para o e-mail [email protected], indicando no campo assunto: PROJETO PNUD BRA/18/008 – Edital 02/2021.

A iniciativa faz parte do projeto de cooperação técnica internacional BRA/18/008 – Fortalecimento da Garantia e Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência.