CPB lança parceria com app “Be My Eyes” para auxiliar na prática de exercício

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou parceria com Be My Eyes, um aplicativo de origem dinamarquesa, que promove assistência de vídeo em tempo real para pessoas cegas ou com baixa visão. A cooperação é uma das ações de promoção da plataforma Movimente-se, cuja quarta aula foi lançada nesta segunda-feira, 22, no site do Movimento Paralímpico.

O CPB disponibiliza de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, profissionais de educação física que atenderão aos chamados dos usuários do Movimente-se para orientar na execução dos exercícios lecionados em qualquer uma das aulas para pessoas com deficiência visual.

A assistência provida pelo CPB está disponível a todos os usuários do Be My Eyes nos países de língua portuguesa e da América do Sul. As orientações serão prestadas em português.

“Para nós é motivo de muita alegria celebrar esta parceria inédita com o Be My Eyes, um aplicativo de grande importância na rotina diária das milhares de pessoas cegas não só no Brasil. Agregar esta tecnologia à plataforma Movimente-se reforça nosso compromisso com a inclusão da pessoa com deficiência na sociedade por meio da prática desportiva. Temos certeza que é o início de uma longeva parceria”, celebrou Mizael Conrado, presidente do Comitê Paralimpico Brasileiro, bicampeão paralímpico de futebol de cinco (para cegos) em Atenas-2004 e Pequim-2008.

“Esta parceria é um exemplo fantástico de como o Be My Eyes pode ser parceiro de entidades sem e corporações sem fins lucrativos. Todos sabemos que aulas e exercícios em vídeo representam o ‘novo normal’, então porque não promover acessibilidade para pessoas cegas ou com baixa visão também dentro deste conceito?”, comentou Will Butler, vice-presidente de Comunidades do Be My Eyes.

Com quase quatro milhões de usuários pelo mundo inteiro, Be My Eyes é uma dos maiores plataformas de “micro-voluntariado” do planeta. São 3,5 milhões de voluntários cadastrados no aplicativo que oferecem ajuda gratuita a deficientes visuais por meio de chamada de vídeo. O app está disponível na Google Play e na Apple Store.

Com esta união, CPB se junta a empresas como Google e Microsoft como únicas no país a disponibilizar ajuda especializada aos usuários do Be My Eyes.

Lançado em 1º junho, o programa oferece aulas gratuitas voltadas exclusivamente a deficientes físicos e visuais. O projeto tem como objetivo democratizar a prática de exercício físico para cadeirantes, paralisados cerebrais, amputados e deficientes visuais que nunca praticaram atividade física ou que não possuem orientação profissional.

Todo o conteúdo do Movimente-se é ministrado pelos técnicos do CPB e atletas paralímpicos, que demonstrarão como realizar exatamente os movimentos dos exercícios. Cada aula consiste em aquecimento, exercício principal e volta à calma (relaxamento).

No próximo dia 29, será lançada a quinta aula. Nesta primeira etapa do projeto, serão cinco vídeos semanais, diferenciados por tipos de deficiência. As pessoas com deficiência visual têm disponível duas videoaulas, ambas com o mesmo conteúdo, mas uma conta como recurso de audiodescrição, serviço que descreve as imagens em áudio.

Para fazer contato direto com Be My Eyes, o e-mail é: [email protected]. Já o Movimente-se também dispõe de assistência por e-mail: [email protected]