CPB protocola denúncia contra “humoristas”

O Comitê Paralímpico Brasileiro, bem como as entidades que compõem o Sistema Nacional de Esporte e representantes do Poder Legislativo, reitera sua mais completa indignação e repúdio aos pretensos comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes pelo modo ofensivo, ultrajante e desumano como trataram as pessoas com deficiência em seus shows. 

Em vídeos republicados nas redes sociais nos últimos dias, a dupla debulha um rosário de preconceitos contra os amputados, autistas, acometidos por síndrome de Down e crianças com câncer, utilizando-se do subterfúgio de fazer comédia. 

Não é. 

A dupla incorreu no crime chamado de capacitismo, constante da Lei Brasileira da Inclusão (lei 13.146/2015). Conhecida popularmente como Estatuto da Pessoa com Deficiência, prevê pena de um a três anos de reclusão e multa, podendo a reclusão ter o seu período aumentado dependendo das condições em que o crime foi praticado. O capacitismo é aquele no qual um indivíduo age de forma preconceituosa e discriminatória contra a pessoa com deficiência.

O conteúdo apresentado pela dupla e compartilhado nas redes sociais não só nos encoleriza, mas nos entristece dado que um comportamento discriminatório, absolutamente inconcebível, ainda conta com aplausos e risadas do público que teve o desprivilégio de assistir àquele verdadeiro show de horrores promovido por esta famigerada dupla. 

Conforme anunciado na quinta-feira, 9, o Comitê Paralímpico Brasileiro provocou o Ministério Público Estadual para que, a estes dois indivíduos, sejam aplicadas todas as medidas que lhes caibam pelas falas hostis e discriminatórias. 

Agradecemos a solidariedade dos demais entes do Sistema Nacional de Esporte nesta luta diária e eterna que travamos contra o preconceito e a ignorância. 

Atenciosamente,

Mizael Conrado de Oliveira
Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro

Subscrevem esta nota:

IPC – Comitê Paralímpico Internacional
COB – Comitê Olímpico do Brasil
ABDI – Associação Brasileira de Desporto para Deficientes Intelectuais
ABRC – Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas 
ABSMEL – Associação Brasileira de Secretários Municipais de Esporte e Lazer
ANDE – Associação Nacional de Desporto para Deficientes
CREF4-SP – Conselho Regional de Educação Física
CBAt – Confederação Brasileira de Atletismo 
CBBC – Confederação de Basquete em Cadeira de Rodas
CBBd – Confederação Brasileira de Badminton
CBC – Comitê Brasileiro de Clubes
CBC – Confederação Brasileira de Ciclismo
CBCa – Confederação Brasileira de Canoagem
CBDN – Confederação Brasileira de Desporto na Neve
CBDU – Confederação Brasileira de Desporto Universitário
CBDV – Confederação Brasileira de Desporto para Deficientes Visuais
CBE – Confederação Brasileira de Esgrima
CBH – Confederação Brasileira de Hipismo
CBR – Confederação Brasileira de Remo
CBTARCO – Confederação Brasileira de Tiro com Arco
CBT – Confederação Brasileira de Tênis 
CBTM – Confederação Brasileira de Tênis de Mesa
CBTri –  Confederação Brasileira de Triatlo
Conselho Empresarial de Esporte da Associação Comercial do Rio de Janeiro
Deputado Julio Cesar (PRB-DF)
FENACLUBES – Confederação Nacional de Clubes
FISU América – Federação Internacional de Desporto Universitário das Américas
Fórum Nacional dos Secretários de Esporte
Lide Esporte – Grupo de Líderes Empresariais
MOAB – Movimento Orgulho Autista Brasil
Organização Atletas pelo Brasil
Associação Sou do Esporte
Secretaria de Esporte e Lazer do Distrito Federal
Banda Good Times 
Banda Timeout