CPB tem nova Política de Qualidade e Ambiental

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), responsável pela administração do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, tem como um dos propósitos oferecer as melhores condições de treinamento aos atletas paralímpicos, e o desenvolvimento e massificação do paradesporto, fundamenta sua política da qualidade e ambiental em dados confiáveis, nos fatos e nas normas para tomada de decisão, e atua preventivamente para mitigar possíveis efeitos negativos.

A evolução tecnológica, a interatividade e disseminação de informações contribuem para uma mudança cada vez mais rápida das expectativas. Assim, nossos processos são constantemente aperfeiçoados, para atender as necessidades dos usuários do Centro de Treinamento.

Cultivamos um ambiente de trabalho agradável, baseado na confiança mútua. Quando identificamos um problema, nos ocupamos com a investigação e análise das causas para resolvê-lo, sem jamais buscar culpados.

Desafiamo-nos permanentemente a atingir metas. Desenvolvemos nossas habilidades por meio da educação e do treinamento.

Conscientes da nossa responsabilidade social, assumimos o compromisso de contribuir para a proteção do meio ambiente, com a destinação adequada e responsável dos descartes, com o uso racional dos recursos, a redução do desperdício e o atendimento aos requisitos legais

Fonte: Assessoria de Imprensa CPB
Font Resize