Delegação brasileira paralímpica realizou cerca de 900 testes de Covid-19 antes de embarque para Jogos de Tóquio

Alê Cabral/CPB

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio, com cerimônia de abertura marcada para 24 de agosto, exigiu um planejamento e logística especial da área da saúde de todos os Comitês Paralímpicos em razão da pandemia da Covid-19. Com isso, antes do embarque da delegação brasileira para o Japão, foram realizados cerca de 900 testes RT-PCR Covid-19.

A missão brasileira contará com 431 pessoas, sendo 232 atletas com deficiência. O Brasil será representado em 20 modalidades. O embarque dos atletas que realizarão a aclimatação na cidade de Hamamatsu será dividido em quatro grupos: 5, 7, 8 e 12 de agosto. 

O Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio 2020 exige dois testes RT PCR Covid-19 antes do embarque de todos os participantes dos Jogos, sendo o primeiro 96h e outro com 72h ou 48h (dependendo das regras da companhia aérea). Antes dos embarques, as Seleções passarão no CT Paralímpico para a realização dos testes. A regra não faz distinção de país de origem.

Devido ao tamanho da delegação brasileira, foram realizados cerca de 900 testes PCR. Antes mesmo de chegar no CT Paralímpico, os atletas residentes fora de São Paulo precisaram entregar ao departamento de saúde um teste negativado.

Na chegada ao aeroporto na capital japonesa, todos os integrantes da missão brasileira serão testados novamente, via teste salivar. Diariamente, atletas e comissão técnica serão testados e seguirão rigorosos protocolos sanitários e isolamento.

Para não comprometer os treinamentos, os atletas não precisarão fazer um isolamento total, mas só poderão sair dos respectivos hotéis para as arenas de treinos usando o transporte oficial disponibilizado.

Todas as atividades que serão realizadas no Japão foram previamente informadas e aprovadas pelo governo japonês e todos deverão habilitar o GPS para que o aplicativo de rastreamento possa acompanhar a movimentação de todos os participantes dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro