Elcio Inocente, ex-presidente da APMDFESP, falece em São Paulo

Luto
“Infelizmente acabamos de receber a informação de familiares de que o sargento Elcio Inocente, atual Diretor de Interior e ex-presidente da APMDFESP faleceu no início da tarde desta sexta-feira, 19/março. O Senhor Elcio lutou bravamente contra diversas doenças que passou a ter em função da deficiência. Ele era transplantado renal e nos últimos dias esteve internado no Hospital das Clínicas de São Paulo, para combater uma forte infecção. Sofreu uma parada cardíaca, que infelizmente causou o seu óbito. A Diretoria Executiva, Conselho Fiscal, Conselho Deliberativo, Representantes Regionais, Colaboradores e todo o Quadro Associativo se solidarizam neste momento de dor e despedida de toda a família e amigos”, afirma em nota a Assessoria da APMDFESP – Associação dos Policiais Com Deficiência do Estado de São Paulo.

O Senhor Elcio ingressou na PMESP em 1970. Fez o curso de soldado no 16º BPM/M. Em 1971, foi classificado na 1ª Cia do 2º BPM/M no bairro da Penha. Em 1972, foi transferido para a 3ª Cia do 8º BPM/M.

Em 11 de junho de 1979, a serviço da Rádio Patrulha, foi baleado ao atender uma ocorrência de assalto com refém no bairro da Vila Formosa. Atingido por três tiros, tornou-se paraplégico com apenas 28 anos de idade. Na ocasião, o marginal foi morto e a refém nada sofreu. Após um longo período sob tratamento, passou a locomover-se de muletas.

Em 1993, devido ao mau funcionamento da bexiga, perdeu a função renal, tendo que fazer hemodiálise. Em 1994, recebeu um rim de um doador através do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Na APMDFESP sua primeira missão foi em 1997, como Diretor de Patrimônio. Em 1998 foi eleito Diretor de Relações Públicas e em 2002 foi eleito Vice-Presidente. Em 2006 foi reeleito Vice-Presidente e em 2008 assumiu a Presidência, até o fim do seu mandato em 2018.

O Senhor Elcio realizou importantes trabalhos de inserção de Policiais Militares com deficiência no mercado de trabalho. Conseguiu muitos associados para a APMDFESP com um trabalho de divulgação realizado há vários anos nas Unidades da Polícia Militar.

O Sargento Elcio Inocente era viúvo. Foi casado com a senhora Vera Regina Inocente, que faleceu em 2008. Em 3 de julho de 2011, Elcio Inocente perdeu um dos seus filhos – Elcio Inocente Junior, que tinha 36 anos. Esposa e filho eram portadores de atáxia espino cerebelar. O Sargento Elcio Inocente deixa os filhos Sandro e Bruna, e netos.

LUTO OFICIAL – A APMDFESP, em homenagem e solidariedade aos familiares e amigos do ex-Presidente Elcio Inocente, DECRETA, nesta sexta-feira, 19, LUTO OFICIAL por três dias. Nesse período todas as atividades da sede central e de suas regionais estarão suspensas.

O SISTEMA REAÇÃO envia os mais profundos sentimentos de pêsames para todos os familiares, amigos e Família APMDFESP.