Em fevereiro, a nova radiografia da inclusão de trabalhadores com deficiência no setor metalúrgico

trabalhador com deficiência

Um dos maiores fabricantes de autopeças do Brasil compõe o grupo de empresas que lideram as contratações de trabalhadores com deficiência. O segmento fornece peças e componentes para montadoras como Volkswagen, Fiat, Honda, General Motors, Volvo, Toyota, etc. “Falando sem rodeios, o trabalho destas pessoas contribui na produção de carros, motos e ônibus que circulam nas cidades, e nas colheitadeiras utilizadas na agroindústria brasileira”, afirma Carlos Clemente, dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco / SP.

A pesquisa acerca dos Trabalhadores com Deficiência

A 15ª pesquisa Lei de Cotas – Trabalhadores com Deficiência no setor metalúrgico de Osasco e Região confere a presença destes trabalhadores em matrizes e filiais, ramos de atividades na metalúrgica, distribuição por tipo de deficiência, etc. O impacto da pandemia do COVID-19 sobre os empregos foi observado na pesquisa, que será divulgada no dia 25 de fevereiro.

A dica do consultor de Inclusão Reinaldo Bulgarelli espelha bem o que será apresentado neste estudo: “Ninguém cumpre a Lei de Cotas se não olhar para as pessoas com deficiência como se deve. Quem cumpre efetivamente a Lei de Cotas é porque olhou, é porque interagiu, é porque cumpriu com aquele lema das pessoas com deficiência, que é fantástico, que é o NADA SOBRE NÓS, SEM NÓS”.

 

espaço cidadania - trabalhador com deficiência

O Espaço da Cidadania comemora 20° aniversário pelo aplicativo ZOOM

Ele acontece logo após a apresentação da 15° pesquisa Lei de Cotas Trabalhadores com deficiência no setor metalúrgico de Osasco e região.

  • Dia 25/02/2021
  • Das 10 às 11h 40 horas.

Inscrições para apresentação da pesquisa e comemoração do aniversário até 19 de fevereiro pelos e-mails ecidadania@ecidadania.org.br, com Leandro, ou celia.assessoria@sindmetal.org.br, com Célia.

Font Resize