ENSP/Fiocruz lançã Guias que estimulam a comunicação acessível

guia

A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) lança este mês, dois guias voltados para comunicação acessível. O acervo se une ao já lançado Guia de acessibilidade para as ações educativas na Fiocruz, e reflete o compromisso institucional com o respeito à diversidade humana e o desenvolvimento de ações para inclusão das pessoas com deficiência, criando condições para que protagonizem seus processos de saúde e doença. Os dois guias foram desenvolvidos com o apoio do Programa de Políticas Públicas, Modelos de Atenção e Gestão do Sistema e Serviços de Saúde (PMA), da Vice-presidência de Pesquisa e Coleções Biológicas (VPPCB/Fiocruz).

O guia em linguagem simples traz orientações objetivas e simples, porém cruciais para a efetivação de um SUS que de fato seja “de” e “para” todas as pessoas. Traz também orientações sobre o uso correto de palavras para se referir às pessoas com deficiência. É um produto de bolso que demanda não mais de dois minutos para acessar orientações voltadas à eliminação de barreiras à participação das pessoas com deficiência em reuniões virtuais ou presenciais, em documentos escritos digitais, na apresentação de slides ou ainda em grupos de mensagem, além de prover o letramento sobre terminologia não capacitista. Por ser em linguagem simples, não somente é acessível a pessoas com deficiência intelectual mais severa, como tende a beneficiar aproximadamente 90% da população brasileira, dada a precariedade do sistema público educacional nacional. É um produto desenhado para favorecer a democratização da informação.
Os guias foram desenvolvidos a muitas mãos e instituições, de autoria compartilhada, o que favorece a apropriação de seu conteúdo. Assim, inovam não somente no formato, como na forma em que foram produzidos, a partir de uma série de parcerias que têm otimizado recursos públicos diversos, valendo menção especial ao acordo de parceria estabelecido junto à Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, por meio de sua Secretaria da Pessoa com Deficiência (SMPD-Rio). Em conjunto as instituições (Fiocruz e Prefeitura) reuniram seus recursos para produção desse produto final, cuja acessibilização e validação contou com o apoio político, o trabalho e a excelência dos técnicos da SMPD-Rio.

Os guias estão disponíveis no ARCA, em acesso aberto.

1 – Guia de acessibilidade na comunicação em cordel: acessibilidade na comunicação para atenção integral à saúde das pessoas com deficiências: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/53474
2 – Guia de acessibilidade na comunicação: acessibilidade na comunicação para atenção integral à saúde das pessoas com deficiências: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/53473