Especial Eleições 2020: conheça os maiores colégios eleitorais do país e o perfil do eleitorado brasileiro

As Eleições Municipais de 2020 vão mobilizar milhões de brasileiros em 5.568 cidades. São quase 148 milhões de eleitores que poderão ir às urnas para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, numa disputa eleitoral digna da quarta maior democracia do mundo.

Em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus, a Justiça Eleitoral adotou todas as medidas necessárias para garantir um processo eleitoral sem riscos à saúde do eleitor. E uma das recomendações é para que os eleitores evitem aglomerações, permanecendo nos locais de votação apenas o tempo suficiente para a identificação e a digitação do voto.

A orientação vale para todos os municípios, mas ganha ainda mais relevância nos grandes centros urbanos – cidades com mais de 200 mil eleitores e que abrigam os maiores colégios eleitorais do Brasil.

Eleitores com deficiência

Enquanto em 2016 os eleitores com deficiência eram 598.314, neste ano, 1.158.405 declararam necessitar de algum tipo de atendimento especial.

Houve, portanto, uma evolução de mais de 93% de eleitores com deficiência que pretendem votar em 2020. É importante destacar que os dados consideram a declaração do cidadão no momento em que se registrou como eleitor, ou seja, não significa que houve um aumento no número de pessoas com deficiência no país.