Ética e Liberdade… onde foi que nós erramos ?

Rodrigo Rosso Diretor/Editor do SISTEMA REAÇÃO

            Vocês por acaso já se perguntaram em algum momento da vida: “onde foi que eu errei ?”… Venho me perguntando isso, já há algum tempo, quando vejo o cenário pelo qual atravessa o nosso País nos últimos tempos. É triste, mas a culpa de tudo que vemos e vivemos de errado é minha. É sua. Da sua família, da minha… dos nossos amigos e de todos nós – cidadãos brasileiros – que deixamos a coisa chegar no ponto em que se encontra hoje. Nos acomodamos, afrouxamos a corda, deixamos o barco à deriva, esperamos sempre que “alguém fizesse por nós” e deu no que deu. E agora ?

            Realmente estou ficando velho. Sou de uma geração diferente, assim como muitos dos que estão agora lendo esse editorial – até porque, dificilmente alguém com menos de 30, 35 anos, vai “perder seu tempo” lendo o editorial de revista, não é mesmo ? – sou do tempo em que havia respeito pelas instituições. Se aprendia na escola o respeito pelo próximo, amor à pátria, respeitar professor, respeitar a polícia, respeitar a religião, respeitar pai e mãe, respeitar os mais velhos… não se aprendia “medo”, se aprendia a importância do RESPEITO. Sou da época onde ÉTICA não deveria ser “qualidade”, mas sim, uma coisa normal, comum, que todos os seres humanos e cidadãos de verdade, pessoas de bem, deveriam ter consigo. Aprendi que na vida, só existem dois caminhos: o certo e o errado. Não tem “meio termo”, “mais ou menos”, não se pode ter “jeitinho” para tudo.

            Sou do tempo onde o ser humano honesto “não tinha preço” e a gente respondia pelos nossos atos e respeitava a opinião do outro. E tudo isso era feito de uma forma sadia, sem forçar a barra, sem peso, com LIBERDADE.

            Pois é, isso tá parecendo conversa de velho – de “cinquentão” – mas é que isso tudo parece que se perdeu e hoje, principalmente de um tempo para cá, os valores se inverteram. Como costumo dizer: “no Brasil é o poste quem faz xixi no cachorro” !

            Vivemos num país onde quem age com “honestidade e ética” no seu dia a dia é tido como: “bobo, idiota, otário”… no mínimo “ingênuo”. Isso é muito triste. É horrível o ponto onde chegamos e a inversão dos valores. O brasileiro – sem generalizar, lógico – parece que confundiu a “liberdade” com “libertinagem”. É verdade. Percebam.

            Falando em LIBERDADE, agora até ela está sendo tolhida do povo. Cuidado, do jeito que a coisa anda, logo, logo, nem eu e nem você, vamos poder expor nossas ideias numa mesa de botequim sem correr o risco de ir em cana. Isso é democracia ? Onde ? O Brasil é o único país do mundo onde se tem presos políticos num regime democrático. Tá certo isso senhor juiz ? Vamos ter que pedir o VAR ! Cadê a LIBERDADE de expressão e de opinião ? O muro de Berlim foi derrubado na Alemanha Oriental faz muito tempo. Será que estão querendo ressuscitar esse período morto por aqui ?

            Nossa Constituição é clara: “Todo poder emana do povo” ! Então, cadê a LIBERDADE do povo para expor o que pensa, o que sente ? Isso sem falar em parte da imprensa que manipula informações e noticiam os fatos distorcidos de acordo com seus interesses financeiros, políticos ou sei lá mais quais. O resto vendem como “Fake News”. Em que ponto nós chegamos ? Em quem acreditar ? Em “que” acreditar ?

            Difícil fazer essa reflexão agora. Mas o erro foi nosso, lá atrás, em algum lugar. E para todo erro, paga-se um preço, mais cedo ou mais tarde. Uma hora a conta chega !

PRECISAMOS DA SUA AJUDA PARA MUDAR O VALOR TETO DA ISENÇÃO DE ICMS PARA COMPRA DO CARRO 0KM POR PESSOAS COM DEFICIÊNCIA !

Usem: #70milnãodamais – #140miljá – #acordaconfaz

Precisamos assinar o Abaixo Assinado que está circulando nas redes sociais para que sejamos ouvidos e atendidos pelo Confaz e pelos secretários de fazenda de todos os estados brasileiros e seus governadores. Participe dessa campanha, Compartilhe !!!