FAEL realiza II Seminário de Acessibilidade e Inclusão: Um olhar em todas as dimensões, gratuito e aberto ao público

faelflix

Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizada em 2019, pelo menos 45 milhões de brasileiros têm algum tipo de deficiência, quase 25% da população do país. No entanto, estas pessoas representam apenas 0.9% da população com carteira assinada (Relação Anual de Informações Sociais – 2016).

Pensando nisso, a FAEL, faculdade pioneira em Ensino a Distância no Brasil, realiza o “II Seminário de Acessibilidade e Inclusão: Um olhar em todas as dimensões”. A partir do dia 22/03/2021 , quem tiver interesse no assunto pode se inscrever gratuitamente para assistir às palestras, que acontecerão on-line no dia 12 de abril.

O evento ficará aberto por um período a partir da data de lançamento, e contará com conferências sobre dimensões da acessibilidade na teoria e na prática, feitas por estudantes com deficiência, professores da FAEL e convidados da comunidade.

Para a Maristela Cristina Metz Sass, professora, coordenadora do CAPA (Centro de Atendimento Psicopedagógico ao Aluno) e idealizadora do seminário, a ideia é valorizar as pessoas com deficiência (PcD), incentivá-las a estudar e terem autonomia para ingressar no mercado de trabalho, além de trazer informações sobre o assunto para os demais participantes.

“Os participantes terão a oportunidade de ampliar conhecimentos sobre a inclusão e conhecer a capacidade das pessoas com deficiência, pois todos precisam aprender sobre o assunto, independente da profissão que escolherem. Desta forma, o objetivo é ampliar a inserção do público PcD no ensino superior, no mercado de trabalho, enfim na sociedade.”

A primeira edição do evento aconteceu em 2019 e foi presencial, dentro do campus FAEL LAPA – PR, contando com cerca de 200 pessoas. Para este ano, a expectativa dos organizadores é de mais de dez mil participantes, que poderão acessar a inscrição do evento pelo link faelflix.com.br de qualquer lugar do país.

“A ação foi pensada para demonstrar que estudar a distância é possível para todas as pessoas. Os alunos com deficiência da FAEL são atores principais do seminário, contando suas experiências de vida e suas conquistas, mostrando a realidade da faculdade. Professores foram envolvidos para cada vez mais ampliarmos a inclusão educacional e a comunidade foi convidada a participar, entendendo que a função de uma instituição de ensino é preparar estudantes para atuar na sociedade positivamente”, explica Maristela.