FEAPAES-SP defende que inclusão nas escolas regulares deve respeitar o direito de escolha das PCDs e suas famílias

As mudanças no cenário da educação inclusiva começaram a levantar um tema bastante pertinente e que diz respeito à questão da inclusão de alunos com deficiência no ensino regular. Por tratar-se de um universo muito complexo e que vai além das discussões das redes sociais ou de paixões ideológicas, é preciso pensar que o cenário deste grupo de indivíduos no Brasil é diverso e que a solução em si não está dentro apenas da escola regular, mas de uma rede que seja capaz de abrigar e incluir todos, desde pessoas com graus de deficiências leves aos quadros mais severos.

Diante desse cenário, a Federação das APAES do Estado de São Paulo (FEAPAES-SP) entende que as famílias das pessoas com deficiências têm o direito de escolher a escola que querem colocar os seus filhos. Seja em escola de educação especial ou em uma escola regular de ensino, uma vez que o entendimento é que há um cenário complexo, com níveis diferentes no que diz respeito à locomoção, cuidados e atividades que nem todas as unidades de educação da rede estão aptas a exercer.

Flávia Catanante, mãe de pessoa com deficiência é uma das que não querem que a inclusão na rede regular seja arbitrária, mas que a família possa decidir onde o seu filho será inserido. “Como mãe de pessoa com deficiência, quero ter o direito assegurado de decidir onde quero que meu filho estude, baseado nas necessidades que tem. Além do professor especialista, preciso da equipe que cuidará para que ele seja posturado adequadamente durante as atividades acadêmicas, que o troque de posição quando ele se sentir incomodado, que saiba dosar e administrar a alimentação oral ou gastroenteral, que oriente a família quando novas abordagens forem necessárias”, contou Flávia Catanante, que também é coordenadora de Educação e Ação Pedagógica da Federação das APAES do Estado de São Paulo.

Algumas questões são, para muitos casos, até mesmo de infraestrutura e pessoal, já que muitas das escolas do estado de São Paulo, principalmente as públicas, não têm condições de disponibilizar enfermeiras ao lado das pessoas com deficiência 100% do tempo, realizando um trabalho de reabilitação ou então ajudando na alimentação.

“A FEAPAES-SP apoia a inclusão escolar na rede regular de ensino, e também entende que toda escola regular deve ser efetivamente inclusiva, juntamente com a disponibilização e manutenção das escolas especializadas e centros de atendimento educacional especializado, que atendam o público com deficiências de média e alta complexidade, em que a frequência na escola necessite de múltiplos apoios”, afirma a presidente da FEAPAES-SP, Vera Lucia Ferreira.

As APAES paulistas, assessoradas pela FEAPAES-SP, atendem os alunos pervasivos, que não conseguem se beneficiar da rede regular de ensino, por diversos motivos, como se alimentar por sondas ou precisar de balão de oxigênio, por exemplo. Já aqueles que possuem condições de serem incluídos na rede, são encaminhados pelas APAES, e ainda continuam sendo acompanhados nas outras áreas de atendimentos das APAES, que é assistência social e saúde, quando houver a necessidade.

 

Sobre a FEAPAES-SP

Fundada em 1993, a FEAPAES-SP (Federação das APAES do Estado de São Paulo) atua há 25 anos no assessoramento às APAES do Estado e em defesa das pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Entidade beneficente, sem fins lucrativos, a Federação promove defesa de direitos, políticas públicas e desenvolve projetos que beneficiam atualmente as 305 APAES do Estado, organizações que juntas atendem mais de 70 mil pessoas diretamente.

A FEAPAES-SP promove diversos cursos e capacitações para as APAES, voltado a temática da pessoa com deficiência, por meio do Instituto UNIAPAE-SP, que têm o objetivo de disseminar o conhecimento de profissionais das áreas da assistência social, educação, saúde e gestão que atuam no terceiro setor.

Com sede em Franca, no interior do Estado, a FEAPAES-SP tem como missão articular a defesa e garantia de direitos da pessoa com deficiência intelectual e múltipla. Prestar assessoria nas áreas de assistência social, educação, gestão, jurídica e saúde, visando à melhoria contínua dos serviços prestados pelas APAES.

Em 2014, a FEAPAES-SP recebeu a norma internacional certificação ISO 9001 que contribui no gerenciamento e na organização de sistemas de atendimento, buscando aperfeiçoar o trabalho desenvolvido de assessoramento as APAES filiadas.

Presente em todas as regiões do Estado de São Paulo, a Federação conta com 305 filiadas segmentadas em 23 Conselhos de Administração. Eleita marca de confiança dos brasileiros pelo nono ano consecutivo, segundo pesquisa da revista Seleções e Ibope Inteligência, a FEAPAES-SP é responsável por gerenciar o nome APAE em todo o Estado. Tal confiança resulta em força e credibilidade aos parceiros da organização, entre eles VALE CAP, COOP, EDP Bandeirante, entre outros.

 

Sobre a APAE

A APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais nasceu em 1954, no Rio de Janeiro. Caracteriza-se por ser uma organização social, cujo objetivo principal é prestar atendimento nas áreas da educação, saúde e assistência social à pessoa com deficiência, prioritariamente aquela com deficiência intelectual e múltipla. A rede APAE destaca-se por seu pioneirismo e capilaridade, estando presente, atualmente, em mais de 2.200 mil municípios em todo o território nacional.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Qualibest em 2006, a pedido da Federação Nacional das APAES, mostrou que a APAE é conhecida por 87% dos entrevistados e tida como confiável por 93% deles. São resultados expressivos e que refletem o trabalho e as conquistas do Movimento Apaeano na luta pelos direitos das pessoas com deficiência. Nesse esforço destacam-se a incorporação do Teste do Pezinho na rede pública de saúde, a prática de esportes e a inserção das linguagens artísticas como instrumentos pedagógicos na formação das pessoas com deficiência, assim como a estimulação precoce como fundamental para o seu desenvolvimento.

 

Sobre a UNIAPAE-SP

O Instituto UNIAPAE-SP – área educacional da Federação das APAES do Estado de São Paulo (FEAPAES-SP) – foi criado com o intuito de difundir o conhecimento entre os profissionais que atuam nas áreas da assistência social, educação, saúde e gestão e para servir de campo de formação, treinamento e aperfeiçoamento para profissionais do terceiro setor; fomentar os meios para a pesquisa científica e disseminar publicações que promovam o conhecimento acerca do universo da pessoa com deficiência.

Além disso, o Instituto UNIAPAE-SP vem ao encontro das atuais demandas do terceiro setor, que sofreu nos últimos anos um crescimento significativo, atraindo o interesse de estudantes e profissionais de diversas áreas, que buscam se adaptar às novas realidades e tendências desse importante setor. Com esses propósitos, e utilizando-se de toda a sua expertise de mais de 25 anos na promoção de cursos, palestras, simpósios, mesas-redondas e congressos voltados para as APAES, o Instituto torna-se um canal de difusão do conhecimento, através do ensino a distância.

O Instituto oferece formação complementar de excelência, ministrados por renomados profissionais do terceiro setor do cenário nacional e internacional. A atual diretoria da FEAPAES-SP, tendo como presidente a Vera Lúcia Ferreira, pretende que o Instituto UNIAPAE – SP seja um importante canal de ampliação do conhecimento e do debate, e também de acesso a conteúdos científicos que abarcam os anseios do terceiro setor.