Fredinho, chef de cozinha, prepara o lançamento da marca de molhos “Fredíssimo”

Foto: José Aldenir/Agora RN
Fred Carvalho Filho, mais conhecido pela família e amigos como Fredinho, é o primeiro jovem com Síndrome de Down de Natal a estudar gastronomia e empreender no ramo.
Sempre sorridente, o rapaz de 19 anos está no segundo ano de gastronomia na Uninassau, mas a paixão pela cozinha começou aos 14 anos.
No segundo ano do ensino médio, Fredinho, com a ajuda da escola onde estudava, descobriu que era isso que queria estudar na faculdade.
A mãe, Milena Araújo, foi quem começou a incentivar Fredinho a cozinhar quando ainda era adolescente. “O pai dele e eu queremos que ele se vire, seja independente para quando a gente não estiver mais aqui. Por isso, ensinei a cozinhar e ele começou a gostar”, explicou.
O pai do jovem, Fred Carvalho, de quem ele herdou o nome, também se matriculou no curso e estuda junto ao filho para apoiá-lo. “Meu pai também gosta muito de cozinhar. Na casa dele, a gente faz muito ratatouille”, contou o jovem, que gosta tanto do prato quanto do filme da Disney que leva o mesmo nome e, segundo ele, já assistiu o clássico do ratinho cozinheiro “15 milhões de vezes”.
O primeiro prato que Fredinho aprendeu a fazer foi ovo frito, mas hoje em dia já sabe uma culinária mais avançada. A preferida, atualmente, é a culinária italiana. “Eu gosto de fazer muitos molhos. Molho de tomate e molho branco. Eu faço molho pesto com meu pai, eu tiro as folhinhas do manjericão e ele tritura”, relatou Fredinho, animado.
O gosto pelos molhos foi tanto que ele teve a ideia de começar a fazer para vender, e em breve, os produtos estarão disponíveis para encomenda por meio da nova marca, “Fredíssimo”, que estreia no dia 15 de março.
Milena se desligou do emprego para se dedicar ao sonho do filho. “Estamos em fase de testes, mas ele quem faz tudo, eu apenas ajudo”, contou a mãe. Mas antes mesmo de lançar oficialmente a própria marca, Fredinho já está ganhando notoriedade por causa da veia empreendedora.
Neste domingo 14, ele participou de uma live sobre empreendedorismo social juntamente com Katarina Benvinda, outra empreendedora da área da gastronomia, que aconteceu na conta dela do Instagram (@katarinabenvinda).
“Empreendedorismo social é para criar oportunidades para que as pessoas possam transformar suas vidas”, pontuou Fredinho.
Já está disponível o vídeo que o jovem cozinheiro ensina a fazer pão de queijo, uma receita fácil e barata, que pode ser feita rapidamente para vender. “Essa coisa de empreender é algo dele, da mesma forma como cursar gastronomia foi algo dele, quando ele estava na escola em 2018 e estavam fazendo os testes vocacionais ele disse na entrevista que gostava de cozinhar, que ia fazer gastronomia e ia ser chef”, disse Milena.
O sonho de Fredinho é ter um restaurante de culinária italiana, e para ele, a venda de molhos que irá inaugurar em breve é o primeiro passo de uma jornada para ser um chef. Para todos os jovens que têm o sonho de empreender, Fredinho deixa um recado: “Tenham foco, força de vontade e determinação”.

Fonte: www.agorarn.com.br

Font Resize