Fundação Dorina Nowill para Cegos lançará curso para capacitação de professores da rede pública

fachada fundação dorina nowill
A educação é um dos pilares de atuação da Fundação Dorina Nowill para Cegos, que idealizou o projeto “Saber Incluir”. O curso será gratuito, voltado para professores da rede pública do Estado de São Paulo, e tem como objetivo compartilhar experiências entre os educadores sobre temas relacionados à inclusão da criança com deficiência visual, promovendo melhores condições para que esse processo ocorra de maneira adequada e com maior efetividade.

O “Saber Incluir” é um projeto que oferecerá, por meio de plataformas digitais de aprendizagem, a distribuição de conteúdo voltado à educação e práticas inclusivas. A ação tem como objetivo capacitar cerca de 480 educadores da rede pública do Estado de São Paulo, que poderão participar de 16 palestras e 10 videoaulas com especialistas da Fundação Dorina. O conteúdo voltado à alfabetização de crianças e adolescentes com deficiência visual possibilita que esses profissionais realizem aulas de forma acessível aos estudantes cegos ou com baixa visão.

Diante do cenário atual, com a pandemia, os métodos de ensino têm sido cada vez mais debatidos na sociedade, principalmente por conta da mudança na rotina dos estudantes de todo país. “Com a nova realidade do ensino a distância, promover a capacitação dos professores para que as aulas sejam inclusivas é fundamental para o acesso à educação”, afirma Alexandre Munck, superintendente executivo da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

Ainda segundo Munck, “o objetivo é incentivar a educação inclusiva para que as pessoas com deficiência visual continuem tendo acesso à alfabetização adequada, e favorecer e qualificar o professor para ministrar aulas acessíveis a todos”

Educação como um pilar da Fundação Dorina Nowill para Cegos

Entre os programas já existentes na Fundação Dorina, voltados à educação e qualificação de professores, destaca-se o site “Trocando Saberes”. O portal possibilita aos docentes o acesso, em qualquer lugar, a informações sobre deficiência visual e abordagens pedagógicas relativas ao processo de inclusão escolar dos alunos cegos e com baixa visão. São videoaulas e pílulas de informação em vídeos resumidos e dinâmicos. De 2015 a 2020, a instituição já qualificou 17 mil usuários, em sua maioria professores.

Para contribuir com a realização do projeto por meio da declaração do imposto de renda, basta seguir as instruções abaixo:

• Durante a declaração do Imposto de Renda no modo completo, as pessoas poderão destinar até 3% do tributo para colaborar com a realização do curso “Saber Incluir”.

• A pessoa física não pagará mais imposto com isso. O que acontece é a destinação de parte do IR a pagar, permitindo que o valor seja direcionado para uma instituição social.

• Após terminar o preenchimento da sua declaração no modo completo, selecione “Resumo da Declaração” e escolha a opção “Doação diretamente na declaração – ECA”. Clique em “Novo “, escolha:

• Tipo do Fundo: “Estadual”

• UF: “São Paulo”

• CNPJ: 13.885.657/0001-25 (esse número é do CONDECA e será gerado automaticamente)

• Abaixo do quadro, no canto inferior direito, o próprio programa da Receita Federal indicará o valor disponível para doação. Este valor deverá ser digitado no campo “Valor” para completar a operação. Clique em Ok.

• Clique na opção “Imprimir” no menu lateral e selecione “DARF – Doações diretamente na declaração – ECA”. O sistema gerará o Documento de Arrecadação de Receitas Federais, um boleto bancário que deve ser pago obrigatoriamente até o dia 31 de maio.

• Envie uma cópia do comprovante de pagamento da DARF para o e-mail: parceria@fundacaodorina.org.br com o título: Eu apoio o projeto Saber Incluir.