Hospital São Camilo inaugura Centro de Reabilitação na Pompeia em SP

Pessoas que evoluíram com alguma sequela de uma doença ou trauma deparam-se com uma nova condição, que interfere em sua vida pessoal, social e profissional. Segundo a fisiatra Dra. Andréa Thomaz Viana, da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, as consequências vão além da mobilidade, já que as deficiências das funções, as limitações nas atividades e as restrições na participação impactam na independência e funcionalidade.

“É fundamental pensarmos no processo de reabilitação para que o paciente possa desenvolver o máximo de suas capacidades e viver com mais qualidade e independência”, explica a especialista.

Essa foi a motivação da Rede ao criar um Centro de Reabilitação completo na Unidade Pompeia. A médica destaca que o espaço conta com modernas instalações, que incluem salas de terapias, um ginásio totalmente equipado e uma piscina de hidroterapia.

Dessa forma, torna-se possível o uso de um conjunto de metodologias terapêuticas que possibilitam a recuperação física do paciente diante dos quadros mais variados, bem como ajudam a prevenir problemas futuros e promover a saúde de maneira geral.

Com uma equipe multidisciplinar formada por profissionais das áreas de terapia ocupacional, fisiatria, fisioterapia, fonoaudiologia, educação física e enfermagem, o espaço está preparado para oferecer um atendimento qualificado a pacientes de todas as idades, tratando desde uma simples contusão até sequelas de quadros mais complexos, como Acidente Vascular Encefálico (AVE), pós-Covid e lesão medular, entre outros.

“Nosso objetivo é auxiliar o paciente a atingir o máximo de seu potencial funcional, psicossocial e vocacional, para que ele consiga retomar sua rotina pessoal, familiar e social e profissional da melhor forma possível”, afirma a Dra. Andréa, complementando que esse processo visa a melhora da funcionalidade ou a prevenção de sua deterioração.

Segundo a especialista, a reabilitação é muito importante para o processo de retomada da autonomia e independência dos pacientes, fator que ganha relevância ainda maior em meio à pandemia de Covid-19.

A médica salienta que os longos períodos de internação para tratamento da doença levam a alterações que impactam as vidas destes pacientes mesmo após a alta hospitalar. Problemas como alterações neurológicas ou cardiorrespiratórias, perda da mobilidade, fraqueza muscular e fadiga estão entre os mais comuns enfrentados pelos pacientes.

“Nesses casos, a orientação é iniciar o programa de reabilitação já durante a internação, e o mantendo após a alta, uma vez que o cuidado neste período é fundamental para agilizar a volta a uma vida normal e produtiva e evitar complicações que possam evoluir para quadros mais graves e até levar a novas internações”, destaca.

Equipe multidisciplinar

A equipe do Centro de Reabilitação da Rede São Camilo SP é composta por diversos profissionais que, juntos, desenvolvem um programa específico para cada necessidade. Entenda como atuam os especialistas de cada área:

Fisiatria

Especialidade médica indicada quando há limitações físicas, alterações no desempenho das atividades do cotidiano ou dores crônicas, sejam de origem neurológica, oncológica, cardiopulmonar ou musculoesquelética. Assim, o Fisiatra atua no diagnóstico e prevenção de incapacidades, orientando o processo de reabilitação do paciente.

Fisioterapia

Este especialista atua com reabilitação respiratória, motora, neurológica e uroginecológica, por meio de exercícios terapêuticos (cinesioterapia) e uso de equipamentos que ajudam a melhorar a mobilidade, aliviar a dor e prevenir ou amenizar as disfunções físicas de pacientes que evoluíram com alguma sequela de uma doença ou trauma. A Dra. Andrea explica que a Rede São Camilo está equipada para realizar tratamentos como eletroterapia, termoterapia, fototerapia e hidroterapia.

Terapia ocupacional (TO)

O trabalho do terapeuta ocupacional visa a treinar movimentos e situações do dia a dia do paciente, sobretudo estimulando seu envolvimento com atividades que lhe dão prazer, para assim melhorar o desempenho funcional e favorecer o máximo de independência pessoal e qualidade de vida.

Fonoaudiologia

O profissional realiza tratamentos que auxiliam no desenvolvimento ou na recuperação da comunicação, com atividades que estimulam a voz, a audição e a linguagem oral e escrita. Além disso, o fonoaudiólogo é responsável pela reabilitação de disfunções da mastigação, deglutição e respiração, que podem ocorrer em pacientes que tiveram AVC (Acidente Vascular Cerebral), tumor cerebral, quadros de demência e doenças pulmonares crônicas, entre outras doenças.

Treinamento físico

O educador físico atua na avaliação e desenvolvimento de programas de exercícios físicos adaptados para auxiliar o paciente em sua recuperação e melhora da força, flexibilidade, mobilidade, capacidade cardiorrespiratória e consciência corporal.

Para agendar consultas e obter mais informações sobre o Centro de Reabilitação, ligue (11) 3172-6800. Além dos serviços completos e de toda a estrutura encontrada na unidade Pompeia, os atendimentos em fisioterapia e fisiatria podem ser agendados também nas unidades Santana e Ipiranga.

 

As Unidades da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo prestam atendimentos de emergência e eletivos em mais de 60 especialidades, cirurgias de alta complexidade e transplantes de medula óssea. O hospital da Pompeia é acreditado pela Joint Commission International (JCI). A unidade São Camilo Oncologia, por sua vez, é referência em Pesquisa Clínica no Brasil, sendo considerada Top Recruitment – o maior recrutador de pacientes com mais de 40 estudos patrocinados na área de Oncologia.

Os hospitais privados da Rede subsidiam as atividades de cerca de 40 unidades administradas pela Sociedade Beneficente São Camilo e que atendem pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) em 15 Estados brasileiros.

No Brasil desde 1922, a Sociedade Beneficente São Camilo, que pertence à Ordem dos Ministros dos Enfermos, foi fundada por Camilo de Lellis e conta, ainda, com 25 centros de educação, dois colégios e dois centros universitários.

Siga o Hospital São Camilo nas redes sociais: @hospitalsaocamilosp