Instituição de cegos lança selo de acessibilidade para embalagens e equipamentos

selo de acessibilidade para embalagens e equipamentos

A ONCB (Organização Nacional de Cegos do Brasil) criou um selo para embalagens e equipamentos acessíveis a pessoas com deficiências visuais.

Chamada de SOINA, a certificação, que será lançada em junho, foi desenvolvida por pessoas cegas e com baixa visão. Elas serão responsáveis por testar e apontar fragilidades e melhorias na acessibilidade dos produtos.

O selo mostra a importância de produtos serem acessíveis para que uma pessoa cega ou com baixa visão possa pagar sua conta sozinha, sem precisar passar sua senha para alguém. Também na hora de usar uma máquina de lavar roupas, por exemplo, é importante que o painel seja acessível para ela dar os comandos.

A ONCB já foi procurada por empresas de alimentos que querem implementar o selo em suas embalagens e por fabricantes de eletrodomésticos.

O primeiro produto com a certificação será uma máquina de pagamento de crédito e débito da empresa Perto S.A., que foi testada pela ONCB.

O modelo tem teclado físico, touch screen e sintetizador de voz que, quando acionado, fala as informações que aparecem na tela durante a compra.