Jogos Paralímpicos de Inverno: CPB estreia nova marca nos uniformes oficiais em Pequim 2022

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) vai estrear oficialmente a sua nova marca institucional nos Jogos Paralímpicos de Inverno, que acontecerão na cidade de Pequim, na China, entre os dias 4 e 13 de março. A nova identidade visual da entidade, lançada durante o aniversário 27 anos de fundação do CPB, em 9 de fevereiro, poderá ser conferida nos uniformes e demais trajes dos atletas convocados para as disputas de esqui cross-country e snowboard.

O projeto da nova identidade do CPB levou dois anos, da estruturação à finalização, e é uma cocriação dos departamentos de Marketing e Comunicação do CPB e da XGuides, agência de inteligência criativa que dinamiza as relações entre marcas e consumidores de maneira mercadológica para que atinjam o padrão de endosso e lifestyle.

“Com a nova marca, esperamos que se possa criar desejo para além da causa que a gente representa, uma marca que tenham atributos da diversidade, da pluralidade e da própria chama, que é o que nos move. Além disso, que a nova identidade institucional traga sorte aos nossos atletas, que já fizeram história antes mesmo da competição começar”, disse Mizael Conrado, bicampeão paralímpico de futebol de cinco (Atenas 2004 e Pequim 2008) e presidente do CPB, referindo-se ao maior número de participantes do país em uma edição dos Jogos de Inverno.

A mudança da marca institucional alterou também o conceito de marketing esportivo trabalhado no CPB. A nova marca do CPB tem elementos que remetem à energia do movimento, da pluralidade do povo e da força do esporte paralímpico. As cores verde, azul e amarelo seguem presentes em toda a identidade visual. Todos os pictogramas das modalidades paralímpicas também foram reformulados e ganharam avatares inspirados em atletas paralímpicos brasileiros.

Pequim 2022 será a terceira vez que o Brasil participará dos Jogos Paralímpicos de Inverno. A primeira participação aconteceu em 2014, em Sochi, na Rússia, quando dois atletas do país estiveram no evento. Em PyeongChang, na Coreia do Sul, quatro anos depois, foram três representantes brasileiros.

Agora, o Brasil será representado por Aline Rocha, Cristian Ribera, Guilherme Cruz Rocha, Robelson Moreira Lula e Wesley dos Santos, pelo esqui cross-country, e André Barbieri, pelo snowboard.

Em paralelo ao rebranding, o CPB lançou a plataforma Inspiração Paralímpica. Por meio da plataforma, a comunidade das pessoas com deficiência poderá acessar em um só lugar vários serviços e iniciativas direcionados. As aulas do programa Movimente-se, os cursos e materiais da Educação Paralímpica são alguns dos conteúdos que já estão disponíveis na plataforma.