Março Verde: pela Neuromielite Óptica

Neuromielite Óptica (NMO)

A Neuromielite Óptica (NMO), também conhecida como doença de Devic, é um distúrbio imunológico e neurológico, que acomete, principalmente, os nervos ópticos e a medula espinhal. Devido à similaridade de sinais e sintomas com as doenças neurológicas autoimunes, não é incomum que a NMO seja confundida com a esclerose múltipla (EM), mas este não é o único grupo de doenças que deve ser considerado um ponto de atenção na hora do diagnóstico. E para dar visibilidade ao tema, o dia de 27 de março é marcado como o Dia da Conscientização da Doença.

No Brasil, estima-se que 3.500 a 7.000 pessoas convivam com a doença.

Um dos exames para se chegar ao diagnóstico de NEUROMIELITE ÓPTICA é a ressonância magnética. O que pode auxiliar nesse diagnóstico também, é a realização do exame de sangue conhecido como anticorpo anti-aquaporina 4. Esse exame reconhece uma característica que está presente em quase 90 % dos casos de pacientes com NMO, não se aplicando a outras doenças.

O grupo NMO Brasil organiza o movimento “Março Verde”, junto com as Organizações Não-Governamentais Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME) e a Crônicos do Dia a Dia (CDD). A iniciativa visa chamar a atenção para a NEUROMIELITE ÓPTICA e ampliar a discussão sobre a doença por meio de ações de conscientização.

Em alusão à sigla NMO e aos sintomas da doença, para acompanhar campanha de Março Verde, acesse: #NãoMenosprezeOsSinais.