Marcos Mion escancara o coração no mês da visibilidade autista: ‘e se fosse seu filho?’

AGNews

O autismo é uma condição que atinge cerca de 2 milhões de brasileiros, de acordo com a OMS. O número é expressivo e crescente. Segundo o Centro de Controle de Doenças e Prevenção, do governo dos EUA, a proporção é de que uma criança nasça autista a cada 54 nascimentos.

O desenvolvimento neurológico de uma criança pode ser estimulado independente de diagnósticos. Muitas vezes, um diagnóstico de autismo pode demorar para ser fechado. E mesmo sem o laudo, a intervenção precoce com tratamento multidisciplinar pode ser iniciada, de acordo com a psicóloga e neurocientista Mayra Gayato. “Se uma criança apresenta atrasos, não devemos esperar o diagnóstico fechar para começar o tratamento. Quanto antes começar as intervenções, maior a possibilidade de evolução e desenvolvimento da criança”, explica a especialista, que é fundadora do Instituto Singular.

Os primeiros anos de vida de uma criança são uma etapa decisiva para o desenvolvimento das habilidades motoras, cognitivas, emocionais e sociais. Isso acontece porque o cérebro da criança está mais receptivo a novos estímulos devido a uma janela de oportunidade chamada plasticidade neural. Essa capacidade diminui ao longo do tempo.

Assine nossa Newsletter

Newletter

A especialista explica que a estimulação é benéfica para todas as crianças e que uma criança bem estimulada tem mais oportunidades de aprendizagens e melhor relação com o ambiente e com outras pessoas.

Se de um lado a estimulação precoce pode ajudar muito o desenvolvimento infantil, por outro a qualidade das fontes de informação sobre o autismo e sobre os cuidados que se deve ter com o desenvolvimento neurológico da criança é fundamental. “Difundir informações de fontes confiáveis pode ajudar de diversas maneiras a acolher e melhorar a inclusão das pessoas com transtornos do espectro autista”, afirma a psicóloga.

Eventos

Durante o mês de abril, mês em que se promove mundialmente a visibilidade do autismo, o Instituto Singular realiza uma série de encontros online gratuitos.

O evento traz seis encontros online que reúnem expoentes sobre o tema no Brasil e conta com a presença de nomes influentes na atualidade. Os eventos têm a presença do youtuber Marcos Petry, do publicitário e influencer Rafael Mantesso, do apresentador e ativista Marcos Mion e do pediatra e especialista Thiago Castro.

A série de encontros acontece pelo Instagram, no perfil da, fundadora do Instituto (@mayragaiato).

O primeiro encontro online aconteceu no dia 1 de abril, com o lançamento do Curso Neurociências do Autismo.

No dia 2 de abril, às 20h, Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, o Instituto realiza uma live em collab com o publicitário Rafael Mantesso sobre a importância da data.

O evento prossegue no domingo, dia 4 de abril, às 20h, com uma live collab com o Dr. Thiago Castro, sobre a importância do pediatra no autismo. O tema da pediatria se estende para o dia 7, às 21h, em collab com a Pediatria Descomplicada, sobre sinais e sintomas precoces.

No dia 12 de abril, às 18h, o Instituto realiza a collab ao vivo com o apresentador Marcos Mion, com o tema “E se fosse seu filho?”. O evento prossegue no dia 18, às 20h, em uma live com o youtuber, palestrante e músico Marcos Petry.

 

Durante o mês de abril o Instituto Singular vai oferecer cursos gratuitos e uma série de descontos em outras formações disponíveis.

Além dos cursos, o Instituto oferece materiais gratuitos com dicas e outras informações no site www.institutosingular.org

O Instituto Singular é uma das maiores referências em tratamento, educação e conhecimento sobre autismo e atraso no desenvolvimento infantil. Fundado pela psicóloga Mayra Gaito e pelo psiquiatra Rodrigo Silveira, o Instituto atende em todo o país com uma equipe multidisciplinar e tem como objetivo levar informações atualizadas sobre o desenvolvimento infantil, democratizar o conhecimento e realizar terapias eficazes.

Font Resize