Mestre Sirso: documentário sobre um homem negro, surdo, que encontra na Roda de Capoeira a vibração para romper seu silêncio e ressignificar a vida

Mestre Sirso

A vibração de Mestre Sirso pela vida motivou a realização de uma Campanha de Financiamento Coletivo. Os organizadores da campanha criaram um filme/documentário que propõe dar visibilidade ao protagonismo de Sirso na sua luta por igualdade de direitos, que representa a luta de muitos outros negros e surdos no Brasil. Segundo os organizadores da campanha “é uma história que revela também como os ouvintes são aliados essenciais para que inclusão de fato aconteça. E você ainda contribui para preservação da memória desse bem cultural da humanidade que é a Capoeira”.

Acompanhe o filme no link: https://www.youtube.com/watch?v=wJ6rjYHZtIY&feature=emb_rel_end

De acordo com os organizadores da campanha “quando o mundo é silêncio a vibração é Mestre, é o pensamento que guia nossa inspiração na produção do documentário Mestre Sirso. É uma história de resistência que se ressignifica no encontro de Sirso com a Capoeira. Esse encontro trouxe transformações tão significativas na vida dele que merece ir para as telas e inspirar mais pessoas. O filme propõe uma imersão sensorial sonora ao espectador, ao acompanhar a experiência de uma pessoa surda envolvida com os elementos da Capoeira. As cantigas são inspiração nos treinos de Sirso para o desenvolvimento da fala na frente do espelho; o som do berimbau é marcante na construção sonora”.

O berimbau foi o primeiro instrumento que Sirso aprendeu a tocar e confeccionar, é também o que comanda o ritmo na Roda. A trajetória de Sirso por si só já tem o brilho próprio, mas é Aristeu Oliveira,o Mestre Mestrinho, o grande aliado de Sirso que aponta o caminho para ele se desenvolver também na roda da vida.

 

A diretora do filme Emanuela Palma conheceu o Mestre Sirso e, inspirada pela sua história decidiu contá-la de forma independente. Convidou a diretora de fotografia, Bia Herbst, para juntas viajarem do Rio de Janeiro à Cascavel. A proposta também entusiasmou Mayara Pasqualini e a Andressa Scardua, que fizeram parte da equipe de filmagem, 100% feminina. A produção começou com recursos próprios e a primeira parceria para contar essa história veio de Aristeu Oliveira, Mestrinho, que acreditou no projeto e vem apoiando desde então.

Hoje a Palma Imagem, Capoeira Arte e Luta e a Carnevale Produções somam forças a essa equipe na realização do documentário. Com atuação em projetos de impacto que aliam as artes, a promoção da cultura, educação em direitos humanos, uma prática construída na ética e respeito à diversidade.

Emanuela Palma, Mestrinho Aristeu Oliveira e Leo Carnevale são os condutores desta parceria. Juntos eles acreditam que a arte é ferramenta fundamental de transformação do ser humano. O Documentário “Mestre Sirso: quando o mundo é silêncio a vibração é mestre”, vem reafirmar os esforços de promover ações que viabilizem a inclusão e a promoção da cultura popular como espaço de formação e construção de identidade.

Para contribuir , “nosso projeto é um dos contemplados pelo edital “Matchfunding BNDES+” pelo novo formato de financiamento coletivo chamado Matchfunding. A dinâmica da campanha ocorre da seguinte forma: para cada R$ 1 (um real) arrecadado com pessoas, empresas e ONGs, o BNDES investe mais R$ 2 (dois reais). O impacto da sua colaboração é triplicado! ;).  Nossa primeira meta é captar R$ 152.300,00 até dia 15 de dezembro! É desafiador, mas confiamos na potência do coletivo.Quer saber mais do projeto? Mande e-email para: mestresirso.filme@gmail.com “.

Para acessar a campanha e contribuir, utilize o link:

https://benfeitoria.com/mestresirsofilme?ref=benfeitoria-pesquisa-projetos

Font Resize