No Rio de Janeiro, é implantado Programa Vasco Paralímpico

Jorge Salgado ao lado dos atletas paralímpicos do Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

O Club de Regatas Vasco da Gama anunciou a implantação do Programa Vasco Paralímpico (PVP), que tem por objetivo o desenvolvimento de modalidades paralímpicas de forma autossustentável, e a promoção da valorização pessoal e inclusão social das pessoas com deficiência por meio do acesso à prática de esportes. Foi celebrado um Acordo de Cooperação com o ICB – Instituto Internacional Correr Bem (ICB), no Salão dos Beneméritos, em São Januário, RJ. O ICB será o parceiro institucional do Clube na implantação do PVP.

De acordo com a Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 (Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência), toda pessoa com deficiência tem direito ao esporte e atividades culturais, além de espaços que ofereçam serviços esportivos. O esporte adaptado baseia-se em ajustes e alterações de regras, materiais e locais para a execução das atividades que proporcionem a interação das pessoas em diversas modalidades desportivas.

O Programa Vasco Paralímpico baseia-se em dois pilares:

Social: prática de atividade física adequada como forma de inclusão e melhoria na qualidade de vida para pessoas com deficiência na realização de tarefas básicas do seu dia-a-dia, fortalecendo a sua independência e valorizando a sua autoestima.

Esportivo: formação de atletas paralímpicos com objetivo de composição de equipes paradesportivas que serão atendidas por profissionais de diversas áreas, visando a disputa de competições oficiais, desenvolvimento e aprimoramento técnico dos atletas.

O Acordo de Cooperação com o ICB estabelece que o Vasco da Gama receberá em suas instalações práticas especializadas e continuadas das seguintes modalidades paralímpicas que integrarão o PVP:

  1. Atletismo
  2. Para Taekwondo
  3. Natação em Àguas Abertas
  4. Para-Badminton
  5. Futebol de 7
  6. Vôlei Sentado
  7. Remo Paralímpico
  8. Judô Paralímpico
  9. Supino (halterofilismo)
  10. Natação Paralímpica

O trabalho iniciará com a fase de implantação que comporta o detalhamento dos projetos do Programa Vasco Paralímpico, seus referidos projetos, seleção e capacitação de profissionais, além da mobilização e sensibilização do público-alvo junto às instituições que atuam com pessoas com deficiência. Nessa fase, serão definidas as metas e resultados esperados e o levantamento dos recursos financeiros, recursos humanos e materiais.

Os critérios e condições para as inscrições no Programa Vasco Paralímpico serão informados e divulgados oportunamente, no momento que houver o lançamento oficial do PVP.

Rodrigo Tinoco Consultor de Esportes Olímpicos e Paralímpicos, Carlos Osório 1º Vice-Presidente, Jorge Salgado Presidente, Edgar Oliveira Presidente ICB e Fernando Barbosa Diretor Técnico Paralímpico ICB (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Para a assinatura do Termo de Cooperação estiveram presentes em São Januário representando a Diretoria Administrativa do CRVG o Presidente Jorge Salgado, o 1º Vice-Presidente Carlos Roberto Osório e o Consultor de Esportes Olímpicos e Paralímpicos Rodrigo Tinoco, além de diversos outros membros da diretoria do Vasco.

Pelo ICB, assinou o Acordo seu Presidente, Edgar Oliveira e o acompanharam o Diretor Técnico de Esporte Paralímpico Fernando Barbosa, o Tesoureiro Pedro Ferreira, o Diretor de Comunicação Carlos Campana e a Coordenadora de Projetos Andréa D’Aiuto.

O ICB é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2009 por ex-atletas de alto rendimento. Filiado ao Comitê Paralímpico Brasileiro, o ICB tem longa parceria com o Ministério do Esporte (atual Secretaria Especial de Esportes) e com diversas entidades de direção do esporte olímpico e paraolímpico. Ao longo da última década aprovou e executou mais de 25 projetos através da Lei de Incentivo ao Esporte.

“Com essa iniciativa o Vasco da Gama reafirma seu compromisso com as causas sociais que estão no DNA de nosso clube. Teremos muito orgulho de contribuir com o crescimento do Movimento Paralímpico de forma autossustentável e promover a valorização pessoal e a inserção social das pessoas com deficiência. Para nós aqui do Vasco é um motivo de muito orgulho, poder participar de um projeto dessa natureza. Vocês podem ter certeza que irão contar com todo o apoio dessa gestão”, afirmou o presidente Jorge Salgado.

Fonte: https://vasco.com.br/