Nossos verdadeiros inimigos não estão longe, mas muito mais próximos do que imaginamos !

Irmãos e irmãs ! Um ponto-chave que defendo para ter um desenvolvimento completo é observar o seguinte: Nossos verdadeiros inimigos não estão longe, mas estão muito mais próximos do que imaginamos !

Lembam da luta sobre o Dia das Pessoas Surdocegas no Brasil ?

A ABRASC – Associação Brasileira de Surdocegos e membro do WFDB e o Grupo Brasil de Apoio ao Surdocego, membro da RIADIS, queriam colocar a data de nascimento da Educadora Nice Saraiva como o Dia da Pessoa Surdocega, porém, ela não era uma Pessoa Surdocega.

Eu fui contra, vocês lembram ? Bem, essa luta eu ganhei em parte. A ABRASC e o Grupo Brasil não desistem, esse dia não será mais a data de nascimento de uma “Pessoa Não Surdocega”, agora eles querem colocar a data de um seminário.

Na década de 70, no Brasil, foi realizado o primeiro seminário sobre surdocegueira e eles querem que essa data seja o Dia das Pessoas Surdocegas.

Bem, eu – Alex – ainda sou contra.

Mantenho minha posição de que o Dia das Pessoas Surdocegas deve ser a data de nascimento de uma Pessoa Surdocega, democraticamente eleita pela sociedade brasileira.

No entanto, a ABRASC e o Grupo Brasil, com o apoio de um deputado federal, não o farão.

O Pilar Mestre da Convenção da ONU sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência é valorizar a PESSOA.

Observem: O Pilar Mestre seria sensato, ético, legal e coerente, para designar o DIA com referência a uma Pessoa Surdocega.

Sim, mas não é, eles não querem assim.

Ou seja, eles são contra a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Primeiro eles tentaram o nome de Nice Saraiva que não era surdocega. Lá esta tentativa não colou. Agora eles querem a data de um seminário.

E a PESSOA SURDOCEGA, NADA !?!

Lembrando que a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência é NORMA CONSTITUCIONAL no Brasil, não deveria haver dúvidas.

Há muitas pessoas neste país que fazem de tudo para impedir o Empoderamento de Pessoas com Deficiência em geral, ainda mais no caso de Pessoas Surdocegas.

Parece que eles confundiram os termos, não buscam o empoderamento das pessoas com deficiência, ABRASC, Grupo Brasil, WFDB e RIADIS, mostrando-se “fervorosas” defensoras da Convenção, buscam o fortalecimento deles mesmos.

Busque esta frase no Google para ler a tese defendida pelo Deputado: “Eduardo Barbosa apresenta projeto para instituir o Dia Nacional da Pessoa Surdocega”.