Olha por onde anda !

Diana e Vinicius se conheceram quando faziam uma peça de teatro na Oficina dos Menestréis e pouco tempo depois já engataram um relacionamento de sucesso.

Diana é cadeirante em decorrência de uma mielomeningocele, tem 38 anos, formada em letras, pós-graduada em Libras e educação inclusiva e atualmente estuda Braile para entender um pouco mais o “mundo” do Vinicius.

Vinicius tem 28 anos, é estudante e possui deficiência visual.

“No começo rolou uma certa ansiedade por não saber muito bem como ia ser, por ser ainda desconhecido, mas isso foi até legal, essa sensação de desvendar o novo”, diz Vinicus.

A deficiência e a diferença de idade do casal, segundo Diana, em nada atrapalha o relacionamento dos dois. “Ele, muitas vezes, é mais maduro que eu. A gente se completa. Ele me ajuda, eu ajudo ele, acredito que isso acontece em todo relacionamento e não só com um casal com deficiência. É exatamente o que pedi a Deus ! Sou outra pessoa depois no nosso relacionamento”, afirma Diana.

Quando o assunto é sexualidade, para Diana isso antes era um tabu, pois por conta da incontinência urinária, surgiam alguns medos e ansiedade. Hoje, isso não é mais problema, pois com conversa e compreensão, a relação dos dois se fortaleceu e a sexualidade é vivida em sua totalidade, como deve ser.

Em 16 de setembro último, Vinicius e Diana ficaram noivos e em breve teremos casório chegando aí !

“Somos um casal como qualquer outro, brigamos, damos risadas, passamos por situações engraçadas e vamos contar tudo isso no nosso canal”, conta o casal.

E se você ficou curioso em conhecer um pouquinho mais desse casal, eles estão iniciando um canal no YOUTUBE: Olha por onde anda !

No canal, eles contarão um pouco das histórias inusitadas, das curiosidades, acessibilidade e de questões referentes ao cotidiano das pessoas com deficiência.

Termino nossa coluna com essa frase da Diana, que resume tudo: “Quando a gente ama, nada é difícil ! Independentemente da deficiência, da orientação sexual, religião, vai amar, vai ser feliz !”