Participe: “Acessibilidade, barreiras e capacitismo”

Marta Gil é a mediadora das rodas de conversa
Marta Gil é a mediadora das rodas de conversa

Nesta quarta-feira, às 19h, mais uma roda de conversa!

O evento conta com seis rodas de conversa mediadas por Marta Gil e com a presença de um ou mais convidados. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em uma ou mais de uma vez. São apenas 40 vagas para cada Encontro e os vídeos não ficarão à disposição.

Serviço:

ACESSIBILIDADE, BARREIRAS E CAPACITISMO

De 12/04 a 03/05, segundas e quartas, às 19h

* Todos os encontros terão intérprete de Libras.

* Link para inscrição: https://inscricoes.sescsp.org.br

“Este é mais um presente que o SESC SP me dá: o prazer de conversar com amigas e amigos, sobre assuntos que interessam a todos nós. Espero vocês!”, afirma Marta Gil.

O evento começou no dia 12/04, com o tema Linguagem simples: comunicação para a Inclusão e a Cidadania, com Patrícia Almeida

Nesta quarta-feira, 14/04, o tema é Surdos oralizados, trabalho remoto e comunicação, com Paula Pfeifer

Surdos oralizados se comunicam utilizando a língua portuguesa. Usam aparelhos auditivos ou foram implantados. Muitos estão no mercado formal de trabalho. Na pandemia, estão trabalhando remotamente. Paula Pfeifer vai apresentar os cuidados com a comunicação, para permitir sua participação em reuniões utilizando plataformas digitais.

19/04 – Autismo, Educação e Trabalho: onde estão as barreiras?

Com Amir e Marcos Bliacheris

Ainda há muito desconhecimento sobre o autismo, na Educação e no mundo do Trabalho. Amir é um jovem autista, que entrou agora na Faculdade de Jornalismo. Ele e Marcos, seu pai, vão contar sobre sua trajetória.

26/04 – Audiodescrição para ler o mundo

Com Lívia Motta

A audiodescrição é um recurso de acessibilidade comunicacional, utilizado por pessoas com deficiência visual em escolas, no trabalho e também na área da Cultura: descrição de filmes, peças teatrais, etc. Também é utilizado por outros grupos.

28/04 – Empoderamento feminino e Muay Thai: encarando o capacitismo

Com Mariana Amato e Fernanda Sodelli

Mariana Amato tem síndrome de Down e está aprendendo Muay Thai com Fernanda Sodelli. As aulas acontecem numa plataforma digital. Mariana está se desenvolvendo como pessoa e quebrando preconceitos e estereótipos.

03/05 – Enfrentando barreiras e capacitismo na Educação

Com Mariana Rosa

Mariana Rosa é jornalista e tem baixa visão. É mãe da Alice, que tem deficiência física, com comprometimentos severos. Para matricular Alice em uma escola comum, precisou enfrentar o capacitismo de muitas escolas.

Font Resize