PcD se mobilizam em SP para carreata e buzinaço contra suspensão do IPVA: mobilização ocorre no sábado, 16, às 10h

Freepik/ MarcosCNeves

Assine nossa Newsletter

Newletter

Pelo Facebook foi criado o grupo TODOS PELA ISENÇÃO EM SP – PCD. Segundo os responsáveis pelo grupo, “o objetivo é formar a maior comunidade independente PcD do Estado de São Paulo. O espaço é exclusivo para tratar dos efeitos (diretos) causados pela nova lei 17.293, bem como para organizar manifestações que visem o justo restabelecimento dos direitos suprimidos pela atual administração no que tange às isenções fiscais PCD. Não são admitidas ofensas ou militâncias políticas (independentemente de ideologia)”.

O primeiro evento organizado pelo grupo será uma carreata e buzinaço, que acontecerá no próximo sábado,  dia 16 de janeiro, às 10 horas, na praça Charles Muller, em frente ao Estádio Municipal do Pacaembu.

Na cidade de São Paulo, os participantes sairão do Estádio do Pacaembu.  Já nas demais cidades, os lugares serão definidos pelos grupos PODEMOS SIM de cada cidade participante (PODEMOS SIM Locais) no decorrer da semana.

A informação que está sendo divulgada também por grupos no WhatsApp é que “os participantes colocarão na parte externa de seus carros: faixas, bandeiras, cartazes ou adesivos com o nome de sua patologia ou limitação. Também colocarão DORIA, PCD NÃO É FRAUDE, entre outras frases do tema”.
O grupo também alerta “que não será permitido colocar nos carros bandeira de partidos, nome de políticos ou associações políticas ou representativas. Não será um protesto de militância política. Será um protesto exclusivo para enfrentar o Doria no que tange a questão da isenção PCD afetada pela nova lei 17.293”.

Os organizadores também convocam para a adesão ao grupo TODOS PELA ISENÇÃO EM SP – PCD do Facebook. Segundo os organizadores: “lá temos uma rede de apoio e informação, além de atualização constante sobre as manifestações”.

O segmento PcD foi duramente atingido pela Lei 17.293 assim como Decreto publicado no final de dezembro pelo Governo de São Paulo, que suspendeu a isenção de IPVA para grande parte das pessoas com deficiência que possuíam a isenção.

O SISTEMA REAÇÃO/REVISTA REAÇÃO acompanhou todas as novas medidas adotadas pelo governo paulista, inclusive recorrendo ao Ministério Público, Defensoria Pública, Procuradoria Geral do Estado e Comissão das Pessoas com Deficiência da OAB/SP.

Como praticamente o recesso foi finalizado nesta segunda-feira, 11, os órgãos devem reiniciar o apelo feito para que adotem medidas contra a ação do Governo de São Paulo.