PESQUISA 2020 “O CARRO DO ANO PARA PCD” – Número de vendas de automóveis para PcD em 2020

Resultado pesquisa carro do ano

Realizada pela Revista Reação desde 1998, a “Pesquisa do Carro do Ano para Pessoas com Deficiência” é a referência do segmento automobilístico quando o assunto são vendas para PcD. O Resultado da pesquisa mostrou que mesmo durante a pandemia de Covid-19, público consumidor PcD continuou ligado no universo dos automóveis e movimentando o mercado.

Feita junto aos leitores e assinantes da Revista Reação e também, de alguns anos para cá, através do site/Portal de Notícias e de todas as suas redes e plataformas digitais, a pesquisa expressa fielmente a opinião dos usuários e consumidores de automóveis – pessoas com as mais diversas deficiências e mobilidade reduzida, seus familiares e profissionais do setor – que pelo voto direto, escolhem aquele que, na opinião deles, são os melhores modelos e marcas de carros deste setor específico.

Pela isenção, tradição e fidelidade dos resultados, a “Pesquisa do Carro do Ano para PcD” é respeitada por todos no segmento: usuários e consumidores, profissionais de montadoras e concessionárias de automóveis de todas as marcas, e ainda, por despachantes e profissionais de isenção, além das adaptadoras de veículos para PcD. Ela se tornou referência para todos. Afinal, a publicação, seus colaboradores, jornalistas e parceiros, não emitem sua opinião e em momento algum influenciam os votos, que são contabilizados exclusivamente da opinião dos leitores, assinantes e seguidores da Revista Reação/Sistema Reação. Portanto, quem elege é o público e não a revista. A publicação é apenas quem promove a operação.

É sempre bom lembrar que essa pesquisa não é feita baseada nos números de vendas e sim na opinião dos usuários, ou seja, os ganhadores não necessariamente são os modelos mais vendidos, mas sim os mais queridos e preferidos dos consumidores PcD, por vários fatores, dentre eles: beleza; acessibilidade aos comandos de painel; espaço interno e de porta-malas; design e estilo; acessibilidade e transferência; funcionalidade e visibilidade; tecnologia e acessórios; motor, câmbio e suspensão; conforto e dirigibilidade; preço e condições de compra, além do atendimento da rede de concessionárias da marca.

A votação em meio à Pandemia

Assim como tudo no Brasil e no mundo em 2020, a pesquisa realizada pela Revista Reação também foi impactada pela pandemia de Covid-19. Algumas edições da publicação durante o ano passado não foram editadas e impressas. Isso fez com que o número de votos – mesmo com a realização também feita via internet e não só no papel através do Cupom Carta Resposta encartado nos exemplares impressos que vão pelo Correio – fosse menor que nos anos anteriores. Mesmo assim, tivemos uma participação significativa, contabilizando um total de 1689 votos vindos de todo o Brasil e de até outros países, como: Portugal, Inglaterra, Itália, Espanha, Reino Unido, Argentina, Peru, EUA, Japão, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Canadá, entre outros.

O resultado da Pesquisa 2020 foi compilado e divulgado ao público no final de janeiro de 2021, através dos canais digitais do Sistema Reação e outras fontes autorizadas.
“O ano de 2020 foi atípico. As montadoras e concessionárias de todas as marcas foram prejudicadas pela pandemia de Covid-19 e todas as suas consequências, como o fechamento do comércio, o confinamento dos consumidores e a retração natural do mercado consumidor perante uma situação incomum que foi vivida por todos nesse último período de praticamente um ano”, comenta Rodrigo Rosso, diretor/editor do Sistema Reação/Revista Reação. Ele atribui a tudo isso a pouca visibilidade da maioria das marcas e de muitos modelos durante o decorrer de 2020. “Poucas ações promocionais foram realizadas na rede das marcas. A propaganda dos modelos tanto na grande mídia como na imprensa especializada diminuiu muito durante a pandemia também. Algumas marcas fizeram um bom trabalho através apenas dos canais digitais e redes sociais. Essa visibilidade reduzida no segmento PcD especificamente, logicamente influencia sim no resultado dos votos do público”, avalia Rosso.

Conheça a partir de agora um pouco mais sobre os vencedores e os modelos mais votados em 2020:

Deu empate no 1º lugar !

Lembramos sempre que esta não é uma pesquisa de ranking dos mais vendidos, mas sim, uma pesquisa de opinião dos modelos que mais “agradam e que são os objetos de desejo” dos nossos leitores, seguidores e assinantes. Em 2020 ocorreu um fato inusitado, que só aconteceu uma vez nessa pesquisa nesses 23 anos de sua realização. Deu empate no primeiro lugar !

Os campeões, os mais votados, os preferidos, os ELEITOS como CARRO DO ANO PARA PCD 2020, foram o Renegade da Jeep – repetindo o feito de 2019, portanto bi-campeão – dividindo o posto de campeão com o modelo HRV da Honda – marca que volta à primeira colocação dessa pesquisa, mais uma vez. Ambos modelos são da categoria SUV, o que comprova a preferência desse tipo de veículo pelos consumidores PcD e somaram 18,5 % do total dos votos.

Em 2º e 3º lugares, mais SUVs!

Confirmando a preferência por essa categoria, os SUVs também levaram a segunda e terceira colocação na Pesquisa 2020.
Em 2º lugar o Creta da Hyundai se manteve na colocação em 2019 e 2020, agora acompanhado e dividindo o posto com o T-Cross da Volkswagen, que subiu uma colocação, saindo de 3º em 2019 para a segunda colocação em 2020. Eles levaram 16 % dos votos!

No 3º lugar uma grata surpresa: a Nova Tracker da Chevrolet, principal lançamento do mercado em 2020, isolada, com 15 % dos votos. Isso reflete o mercado, uma vez que o modelo da GM foi o mais vendido dentre os SUVs dessa categoria em 2020 e vem se destacando, conquistando mercado a cada dia.

No 4º e 5º lugar: mudanças e surpresas !

Na quarta posição com 12,5 % dos votos, empataram o Novo Civic da Honda – modelo que mais alcançou a primeira colocação na história dessa pesquisa – que em 2019 amargou a décima posição dessa pesquisa. E com ele, empatado e quarto lugar, uma agradável surpresa: o Tiggo 2 da Caoa Chery. Certamente aqui temos duas situações bem diferentes que justificam a boa votação dos dois modelos. O Civic por ser um modelo tradicional, uma das unanimidades entre o consumidor PcD. Já o modelo da nova Caoa Chery – o Tiggo 2 – se deve certamente ao grande esforço de mídia em torno da marca em 2020, que firmou sua imagem na TV e na grande mídia em geral, fortalecendo a máxima de “quem é visto é sempre lembrado”.

Em 5º lugar, com 11 % dos votos está o Kicks da Nissan. Um dos queridinhos do segmento PcD apresentou uma queda na preferência dos participantes da pesquisa. Ele que ocupava a segunda colocação em 2019, ficou isolado em quinto em 2020. Este ano, a marca promete que o novo modelo do Kicks vem todo reestilizado para reconquistar o mercado e com uma versão exclusiva abaixo do valor teto para PcD. Vamos aguardar !

Pequenos versáteis na 6ª colocação

Empatados na 6ª colocação da Pesquisa 2020 com 8,5 % dos votos, o Novo Polo da Volkswagen e o Novo Fit da Honda dividem a preferência dos participantes. Lembrando que até aqui o Fit sempre ocupou as primeiras posições nesses 22 anos da pesquisa desde o seu lançamento, em muitas delas chegando em primeiro lugar. O Novo Polo foi uma surpresa agradável na sexta colocação, saindo da oitava posição em 2019 e crescendo duas posições. Já o Fit, desceu duas posições. O modelo da Honda em 2019 ficou na quarta colocação.

Modelos “família” ocupam a 7ª colocação!

Quatro modelos “familiares” ou SUVs vem dividindo a 7ª colocação da Pesquisa em 2020, com 6 % dos votos. São eles: a Spin da Chevrolet – sempre bem colocada nessa pesquisa – um dos modelos mais vendidos da GM; o WRV da Honda, que vem conquistando novos adeptos ano a ano; a Captur da Renault, passando na frente da Duster, modelo da mesma marca que é muito bem aceita entre o público PcD por ter uma boa relação custo x benefício; e a Ecosport da Ford, que também todos os anos se apresenta entre os mais votados.

O 8º lugar com empate triplo entre dois sedans e um SUV!

A Toyota, a Fiat e a Renault dividem com 5 % da preferência dos votantes, o 8º lugar da Pesquisa 2020, com os modelos: Yaris, Cronos e Duster, respectivamente. Isso prova que um bom porta-malas é um dos itens mais buscados pelo consumidor PcD na hora de escolher o seu carro 0Km.

 

Mais SUVs: dois grandes e um médio dividem a 9ª colocação!

Não há como negar a preferência por espaço do público com deficiência. A nona posição expressa bem essa tendência. Dois gigantes em tamanho: a SW4 da Toyota e a Trailblazer da Chevrolet/GM dividem a nona colocação da pesquisa com 4 % dos votos, empatados com o XC 40 da Volvo. Todos os 3 modelos ultrapassam a casa dos R$ 200 mil em seus preços. Esses modelos só tem isenção de IPI na compra por consumidores com deficiência, mas nem por isso deixam de ter uma venda bastante expressiva no segmento. Afnal, quem não gosta de luxo e espaço não é mesmo ?

Na 10ª posição tem até modelo elétrico!

Dizem os especialistas que em poucas décadas nós não teremos mais modelos movidos a combustíveis fósseis circulando nas ruas e que os elétricos são a tendência de futuro para a indústria automobilística. Se isso realmente vai ou não acontecer, não podemos prever, porém, o que é fato é que os modelos elétricos devagarinho vão conquistando mais adeptos Brasil a fora.

Pela segunda vez consecutiva o modelo elétrico Prius da Toyota aparece na 10ª colocação da Pesquisa do Carro do Ano para PcD. Isso pode ser um indicador que também no segmento PcD os modelos híbridos e elétricos terão boa aceitação. E dividindo com o modelo a décima posição com 2,5 % dos votos, temos os modelos: Argo da Fiat, uma boa opção de compacto; e os sedans City da Honda e HB20 da Hyundai. Com 1 % dos votos ficaram todos os outros modelos que não alcançaram pontuação suficiente para aparecer entre as 10 primeiras colocações da Pesquisa do Melhor Carro para Pessoas com Deficiência 2020. Acompanhe o resultado no quadro.

 

1º LUGAR RENEGADE (JEEP) / HRV (HONDA)18,5 %
2º LUGAR CRETA (HYUNDAI) / T-CROSS (VW)16 %
3º LUGAR TRACKER (GM)15 %
4º LUGAR NOVO CIVIC (HONDA) / TIGGO 2 (CAOA CHERY)12,5 %
5º LUGAR KICKS (NISSAN)11 %
6º LUGAR NOVO POLO (VW) / NOVO FIT (HONDA)8,5 %
7º LUGAR SPIN (GM) / WRV (HONDA) / CAPTUR (RENAULT) / ECOSPORT (FORD) 6 %
8º LUGAR YARIS (TOYOTA) / CRONOS (FIAT) / DUSTER (RENAULT)5%
9º LUGAR SW4 (TOYOTA) / TRAILBLAZER (GM) / XC 40 (VOLVO)4%
10º LUGAR CITY (HONDA) / PRIUS (TOYOTA) / ARGO (FIAT) / HB20 (HYUNDAI)2,5%
11º LUGAR OUTROS 1%

 

Pandemia de Covid-19 faz segmento PcD ter crescimento menor em 2020

Depois de anos consecutivos crescendo na casa superior dos 35… 40 % ou mais, o segmento de vendas para PcD em 2020 sofreu – com todos os setores da economia – os reflexos da pandemia na pele.

Veículo na vaga destinada à Pessoa com Deficiência

Em termos percentuais, relativos ao total de vendas gerais de automóveis no Brasil as vendas para PcD cresceram, saindo de 13 % do total de carros vendidos em 2019 para 18 % do total de vendidos em nosso País em 2020 – total de vendas divulgado pela FENABRAVE em 2020 é de 1.950.889 veículos 0Km. Esse crescimento percentual se deve graças à consolidação desse se segmento dentro das montadoras e principalmente, em todas as concessionárias de todas as marcas espalhadas por todo território nacional.

Isso quer dizer que, em números absolutos – levantados junto às montadoras de todas as marcas e ao mercado em geral pelo departamento de jornalismo do Sistema Reação com exclusividade – o total de vendas de carros 0Km com isenção de impostos para Pessoas com Deficiência em 2020 foi de cerca de 350 mil veículos. Isso significa uma queda superior a 7,5 % no total de vendas PcD em relação a 2019.

Se levarmos em conta todos os problemas vividos em 2020, essa queda pode ser considerada  mínima perante um mercado tão sofrido como foi o de vendas de automóveis ao varejo comum, por exemplo.

Vale lembrar que o valor teto para obtenção da isenção total de impostos – IPI, ICMS e IPVA – ainda só vale para veículos abaixo de R$ 70 mil. Esse valor teto está congelado há mais de 11 anos pelo CONFAZ – conselho fazendário nacional, representado por todos os estados da nação. Quem quiser comprar carro 0Km acima deste valor, neste caso nacional ou importado, só tem a isenção do IPI e não é isento do IPVA.

 

 

Quem votou, concorreu e ganhou o Prêmio da Pesquisa Carro do Ano da Revista Reação?

 

Sempre quem vota, concorre a um prêmio oferecido pelo Sistema Reação. Este ano, os participantes da pesquisa concorreram a um Smartwatch.

Em 2020 o votante da Pesquisa do Melhor Carro para PcD ganhador, foi o paulistano Edson Santi, de 61 anos, casado, aposentado, morador no bairro da Vila Mariana, zona sul da capital paulista. Santi é cadeirante, tem sequela de Pólio. “Votei num Honda, pois acho os mais completos e porque eu tenho um”, comentou o feliz ganhador do Smartwatch.

Font Resize