São Paulo decreta “Dia do Esporte Paralímpico” em homenagem à data de inauguração do CT Paralímpico

Vista aérea do CT

A cidade de São Paulo decretou o dia 23 de maio como o “Dia do Esporte Paralímpico”, data escolhida para homenagear a inauguração do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, na capital paulista em 2016, equipamento administrado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) desde que venceu a concorrência realizada pelo Governo do Estado em 2017.

O Projeto de Lei 0618/2020 foi aprovado pela importância e o protagonismo que o esporte paralímpico tem para o movimento esportivo municipal e o impacto positivo que causa na vida de seus praticantes, familiares, profissionais que trabalham direta ou indiretamente com estes atletas e com as pessoas com deficiência em geral, apontou o vereador paulistano André Santos (PRB), autor do projeto.

“O Centro de Treinamento Paralímpico, construído na cidade de São Paulo, é o principal centro de excelência do Brasil e da América Latina e um dos melhores do mundo no esporte de alto rendimento. A criação deste espaço é, com certeza, um marco na história do esporte paralímpico nacional e, portanto, merecedor de uma data comemorativa eternamente”, declarou Mizael Conrado, bicampeão paralímpico de futebol de cinco (Atenas 2004 e Pequim 2008) e presidente do CPB.

Assine nossa Newsletter

Newletter

“A escolha da data é uma homenagem à inauguração do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro e também pela grandiosidade deste Movimento que, por meio de alguns munícipes e treinadores, percebi a importância de se ter uma dia para homenagear e apoiar o trabalho dos atletas paralímpicos, colocando em evidência as necessidades e lutas enfrentadas por eles”, completou o vereador André Santos.

O Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro está localizado na Vila Guarani, Zona Sul de São Paulo, e possui, ao todo, 95 mil metros quadrados de área construída.

Tem instalações esportivas indoor e outdoor que servem para treinamentos, competições e intercâmbios de atletas e seleções de diversas modalidades do esporte adaptado.

Além disso, um prédio com capacidade para 300 pessoas, refeitório, lavanderia e um setor administrativo com salas, auditórios e outros espaços de apoio. No Centro de Treinamento funciona ainda a sede administrativa do Comitê Paralímpico Brasileiro, na qual atuam mais de 300 profissionais de diversas áreas.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro