Seleções Brasileiras realizam última fase de treinamento no CT Paralímpico antes de embarcar para Tóquio

Alê Cabral / CPB

Cinco Seleções Brasileiras treinam nesta semana no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, a pouco mais de um mês para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. O megaevento será realizado de 24 de agosto a 5 de setembro na capital japonesa e o Brasil terá representantes em 20 das 22 modalidades disputadas nesta edição dos Jogos.

Além dos atletas de atletismo, natação e tênis de mesa, que treinam constantemente no CT Paralímpico por ser o local dos seus Centros de Referência, as Seleções de judô, futebol de 5, goalball e vôlei sentado feminino também utilizarão a estrutura do principal legado dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 para a última fase de treinamento em solo nacional antes do evento no Japão.

Para promover o encontro dos atletas, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) submeteu todos os atletas destas modalidades aos critérios exigidos pelo protocolo sanitário elaborado desde a reabertura parcial do CT, em julho do ano passado.

O plano de retorno deste ano inclui a área de hospedagem do local, que prevê duas pessoas por acomodação, no máximo, e que todas as refeições serão servidas nos quartos. Não será permitido o uso do restaurante ou áreas comuns do residencial.

Esta é a oitava fase de treinamento das Seleções masculina e feminina de goalball e de futebol de 5 em 2021. As equipes deixarão o CT Paralímpico no próximo domingo, 25. No início de fevereiro, elas retornaram aos treinos presenciais após quase um ano de afastamento devido à pandemia de Covid-19

A Seleção Brasileira feminina de vôlei sentado chegou no domingo, 18, à capital paulista para a sétima etapa de preparação deste ano. No mesmo dia, a equipe masculina deixou o CT Paralímpico após finalizar a última fase de treinamento antes de embarcar para o Japão.

A partir da próxima semana, os atletas começarão a se apresentar no Centro de Treinamento Paralímpico antes do embarque para o Japão. A primeira modalidade a se concentrar na Casa do Movimento Paralímpico será o remo no domingo, 25. No fim de semana seguinte, no dia 31, será a vez das equipes de goalball, natação, tênis de mesa e halterofilismo se apresentarem no CT.

A delegação brasileira será composta por 255 atletas (incluindo atletas sem deficiência como guias, calheiros, goleiros e timoneiro), sendo 159 homens e 96 mulheres, além de comissão técnica, médica e administrativa, totalizando 424 pessoas. Jamais uma missão brasileira no exterior teve tamanha proporção.

Patrocínios
O paratletismo tem patrocínio das Loterias Caixa e da Braskem. Já as modalidades de futebol de 5, goalball, halterofilismo, judô, natação, tênis de mesa, e vôlei sentado contam com o patrocínio oficial das Loterias Caixa.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro

Font Resize