SINDBAN e o Projeto BANCÁRIO EFICIENTE em Piracicaba/SP

O projeto Bancário Eficiente realizado pelo Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região (Sindban) existe desde 2015 e tem por objetivo chamar a atenção do setor bancário sobre a necessidade de adaptar as agências tanto para atender às necessidades dos trabalhadores bancários com deficiência, como dos clientes.

Assim, sua primeira tarefa foi realizar um levantamento em 67 agências bancárias; o primeiro do tipo em todo o País. Um dos dados mostrou que 100 % dos 21 trabalhadores com deficiência foram contratados pela Lei de Cotas.

Além disso, foi detectado por exemplo, que apenas 11,94 % das agências possuem caixa eletrônico rebaixado para cadeirante, 23,88 % das agências possuem mapa da agência em Braile, indicando onde é o serviço de gerência, de caixa etc… 40,3 % das agências possuem caixas eletrônicos com função de áudio em funcionamento e somente 2,99 % das agências dos funcionários/estagiários ou aprendizes que auxiliam os caixas eletrônicos possuem curso de Libras. Esses foram dados alarmantes.

Desde então o SINDBAN visita regularmente as agências e vem cobrando os bancos para que cumpram as leis de acessibilidade. Um resultado muito positivo aconteceu com o banco Alfa – em Piracicaba/SP – que, depois do levantamento feito, adequou toda a sua agência de acordo com a orientações do projeto Bancário Eficiente.

Porém, a grande maioria das agências ainda não tomou todas as medidas necessárias para atender a legislação vigente. E as cobranças continuam a cada ano, pois no início do projeto foi estabelecido entre as partes um Termo de Ajustamento de Conduta, destacando condições e prazos para que as melhorias e adequações sejam atendidas.

O ineditismo do projeto Bancário Eficiente chamou a atenção de outras entidades sindicais, tanto do setor bancário quanto de outras categorias e setores sociais. Também começou a ganhar visibilidade nos movimentos de luta da pessoa com deficiência de modo geral e o Sindicato conquistou espaços em organizações de defesa e militância da pessoa com deficiência.

Atualmente, o SINDBAN participa do Comitê de Inclusão da Pessoa Com Deficiência no Mercado de Trabalho (COMIT), do Conselho Municipal de Proteção dos Direitos e Desenvolvimento da Pessoa Com Deficiência, do Conselho Estadual de Assuntos da Pessoa Com Deficiência e do Coletivo de Trabalhadores e Trabalhadoras Com Deficiência da CUT-SP (Central Única dos Trabalhadores).

O Sindban tem participado todos os anos da Caminhada pela acessibilidade, Semana de luta da pessoa com deficiência.

Em 2017 desenvolveu um curso de Libras, em parceria com o Instituto Federal. No ano seguinte no Setembro Verde, homenageou PcD que se destacaram no ano. Em 2019 participou da Virada Inclusiva e de reuniões do Núcleo das Macrorregiões. Em 2020 retomou as negociações com as gerências da Caixa Econômica Federal em Piracicaba/SP para que atenda as medidas que constam no relatório do levantamento feito pelo projeto Bancário e Eficiente e promoveu um Café da Manhã com autoridades municipais no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, 3/12, para chamar a atenção para os desafios que ainda precisam ser superados para que se consiga uma Piracicaba/SP mais inclusiva.

Parabéns aos envolvidos no Projeto !