Test-Drive C4 Lounge

A Citroën lançou o modelo no segundo semestre do ano passado, buscando firmar de vez seu posicionamento no concorrido mercado dos sedãs médios, onde a concorrência no Brasil é muito acirrada.

A estratégia deu certo, o modelo caiu no gosto do consumidor e vem se mostrando uma excelente opção, principalmente, porque sua versão com transmissão automática tem o preço dentro da faixa limite do valor atual para as isenções de IPI e ICMS para pessoas com deficiência…

Desde seu lançamento, o C4 Lounge – principalmente a versão Tendence – vem conquistando praticamente todos os prêmios das revistas especializadas do setor automobilístico dentro de sua categoria. Com design imponente e harmonioso, detalhes cromados com linhas modernas e agressivas, que evidenciam a força e o desempenho, somados ao câmbio automático de 6 marchas, acabamento primoroso, conforto, tecnologia, segurança e preço, o modelo da montadora francesa forma um conjunto com uma relação custo X benefício bastante interessante.

Para saber mais do C4 Lounge e poder passar para os leitores todas as impressões do modelo no uso diário de uma pessoa com deficiência e seus familiares, a Revista Reação, em parceria com a Citroën, testou o carro. A montadora cedeu para nossa redação durante 30 dias, um modelo C4 Lounge Tendence 2.0 – automático – flex – que foi adaptado pela Cavenaghi (adaptadora de veículos com sede na zona oeste da capital paulista e concessionárias espalhadas por todo Brasil) com uma alavanca de freio e acelerador (push and pull) e pomo giratório no volante.

Todos que testaram o C4 Lounge ficaram impressionados com o carro. Desde a equipe da revista, até os usuários – condutores com e sem deficiência, convidados para experimentar o modelo, se surpreenderam. Tudo foi avaliado: conforto, acessibilidade, dirigibilidade, transferência da cadeira de rodas para o carro e vice-versa, espaço interno e de porta-malas. Nada foi deixado para trás. E o C4 Lounge passou nos testes, sendo aprovado por todos. Vamos saber mais:

 

Conforto, dirigibilidade, visibilidade, desempenho e espaço interno

O C4 Lounge apresentou um ótimo desempenho e respostas rápidas aos comandos. Aceleração perfeita, ótima performance do câmbio automático de 6 marchas, extremamente confortável e silencioso. Na estrada principalmente, o C4 parece flutuar sobre o asfalto, tamanho o silêncio e o conforto. A suspensão é firme e transmite segurança. O modelo tem um bom tamanho, tanto por fora quanto por dentro, dando boa visibilidade ao motorista e conforto interno. O condutor com deficiência tem um bom espaço para sua acomodação e o banco abraça o tronco, dando maior segurança ao dirigir. O mesmo ocorre com os passageiros, mesmos os do banco de trás.

Em termos de consumo, fica na média para o porte do carro. Na cidade, quando abastecido com Etanol, gasta um pouco mais, mas usando gasolina, o consumo não assusta pelo que o modelo oferece, tanto em conforto como em desempenho do motor.

O acabamento do carro, pela sua faixa de preço, se comparado à concorrência, também surpreende. É muito bom ! Sentimos apenas, a falta de mais porta-objetos.

A visibilidade é muito boa para o motorista e o sensor de ré ajuda e muito nas manobras e estacionamento. O volante com corte reto na parte inferior ajuda também na pegada para as manobras e apoio na condução do veículo. A direção é gostosa, fácil de manobrar e segura na estrada.

 

Acessibilidade e transferência

Para quem usa cadeira de rodas – tanto passageiros como motorista – e que fazem a transferência da cadeira para o carro e do carro para a cadeira, vão adorar o C4 Lounge. O banco do motorista tem boas regulagens de altura e a boca da porta é bem razoável, assim como o ângulo de abertura, permitindo boa transferência.

Os comandos do painel são bem posicionados e claros, próximos à mão do motorista. O cd player, o ar-condicionado e outros botões do painel também são bem fáceis de manusear. Os comandos que ficam no volante também facilitam e muito o condutor e as alavancas de seta e limpadores de pára-brisa, bem como o acionamento dos faróis, são de fácil manuseio também. Já o porta-luvas é bem fundo e fica distante do motorista, que quando se trata de uma pessoa com deficiência, dependendo do grau de comprometimento do troco, essa distância e profundidade prejudicam um pouco o acesso ao compartimento. Mas, o fato dele ser grande é bom.

Sendo um sedã, o C4 Lounge é um carro baixo, mas está a uma boa altura do solo, não dificultando a entrada e saída de usuários de muleta ou bengalas, ou com algum outro tipo de mobilidade reduzida. O que merece atenção é o fato das portas que, quando abertas, devido ao seu sistema de molas, voltam sozinhas. Em alguns casos, dependendo da deficiência, isso pode até machucar ou prejudicar o equilíbrio da pessoa.

           

Porta-malas: um show !!!

Grande e com capacidade de 450 litros, o porta-malas do C4 Lounge é excelente para quem precisa de espaço e de conforto ao mesmo tempo. Nele cabem facilmente cadeiras de rodas dobráveis, como monoblocos, desde que desmontadas. Ele é fundo e amplo, além de profundo em extensão. O acionamento na própria chave para sua abertura – além de um botão com a mesma função também no painel do carro – facilitam e muito a vida do condutor com deficiência e também de suas famílias. O tamanho do porta-malas permite tranquilamente o transporte de uma cadeira de rodas, sobrando até espaço para malas e bagagens, no caso de uma viagem.

Font Resize