TIM vence Prêmio Anatel de Acessibilidade de 2021

Pela segunda vez, as ações da TIM para pessoas com deficiência foram reconhecidas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A operadora é a vencedora do Prêmio Anatel de Acessibilidade em Telecomunicações 2021, divulgado nesta quarta-feira (31). A distinção é conferida às prestadoras que apresentam os ambientes físicos e virtuais de atendimento mais amigáveis às pessoas com deficiência e que desenvolvem ações para incentivar, divulgar ou assegurar os direitos de acessibilidade.

A autarquia considera a pontuação das cinco maiores prestadoras de telecomunicações em seu Ranking de Acessibilidade, previsto pela Resolução nº 667/2016. Para chegar aos resultados de 2021, a Agência verificou ao longo de 2020 os indicadores de Acessibilidade na Página da Internet (API) e de Eficiência dos mecanismos de interação via mensagem eletrônica, webchat e videochamada nos canais de atendimento remoto para pessoas com deficiência (ERA). Também considerou as Ações Voluntárias que incentivam, divulgam ou asseguram os direitos das pessoas com deficiência (AVI). Essa é a terceira edição do Prêmio, criado em 2019, quando a TIM também ficou em primeiro lugar.

Além de apresentar os melhores ambientes físicos e virtuais de atendimento, a TIM se destaca em iniciativas como, por exemplo, a disponibilização do Código de Defesa do Consumidor em Braile e em Libras e a produção da Cartilha “Anatel Explica” em Braile.

Também favoreceu a posição da empresa no ranking os resultados das políticas de diversidade e inclusão em evolução na companhia. Entre elas, a revisão dos mecanismos de seleção, sucessão e desenvolvimento de pessoas para favorecer grupos socialmente minorizados; a promoção de debates com a sociedade sobre medidas para qualificar o cotidiano das pessoas com deficiência, por meio do TIM Convida; e a criação dos grupos de afinidade, com um grupo exclusivo que trata sobre inclusão de pessoas com deficiência e envolve quase 100 colaboradores. A TIM pretende aumentar em 35% a presença de pessoas com deficiência em seu quadro de colaboradores até 2022.

Outro destaque é a Bateria do Instituto TIM, que promove a integração de pessoas com e sem deficiência.

bateria instituto tim
O grupo atua no Rio de Janeiro há 10 anos e tem 50 integrantes, entre crianças, jovens e adultos.