Um smartwach para cegos em Braille. É possível?

Estima-se que no mundo exista mais de 285 milhões de pessoas com deficiências visuais que  possam utilizar os serviços de comunicação e informação dos smartphones e smartwatches. A maioria desses dispositivos, no entanto, utiliza o som como meio de “entregar” a informação ou mensagem ao usuário – o que, para uma pessoa com deficiência visual, pode ser um problema: ou é preciso utilizar fones de ouvido (e isolar o usuário dos sons ao seu redor, o que, para pessoa cega é determinante), ou suas informações se tornam públicas para quem estiver ao seu redor.

O novo “relógio inteligente” da empresa sul-coreana Dot, no entanto, veio para resolver esse dilema: trata-se do primeiro smartwatch em braille.

A face do relógio traz 4 células de braille, que alteram seus caracteres de acordo com a mensagem ou informação recebida. O relógio funciona como qualquer outro smartwatch, conectado a um smartphone por bluetooth, e recebe mensagens de qualquer aplicativo ou serviço, como Messenger, Whatsapp, ou direções do Google Maps. Da mesma forma, o usuário pode enviar mensagens utilizando os botões laterais do relógio. O smartwatch da Dot vem sendo desenvolvido há 3 anos, e pretende superar os problemas dos antigos dispositivos de braile, que costumam ser caros, grandes e pouco funcionais.