Uma história que orgulha o Brasil !

A Carci surgiu em 1966 e é uma das mais tradicionais indústrias da área de equipamentos, dispositivos e materiais de saúde do Brasil, fundada na época para atender à crescente demanda do país por produtos que até então só eram disponíveis por importações ou eram produzidos com qualidade ou acabamento muito aquém das necessidades do mercado. A empresa completou em 2019, 53 anos de sucesso e contou muito para isso, o idealismo e a vivência profissional de seu sócio fundador, Sr. Ivo de Carvalho, que já tinha uma carreira de sucesso produzindo equipamentos e insumos sob encomenda para médicos ortopedistas, e a partir dessa experiência, estabeleceu o objetivo de atuar em mais segmentos. A visão de mercado da Carci, desde o início, se pautou em quatro pontos: ÉTICA, RESPEITO, PROFISSIONALISMO e CONHECIMENTO TÉCNICO.

            Além de seu próprio trabalho de produção e comercialização, a Carci também atuou por mais qualidade para o mercado e pela ampliação dos serviços de saúde, inclusive com atuação política, maneira pela qual ajudou a construir novas realidades no país. Um exemplo desse comprometimento e um dos seus maiores orgulhos foi o fato dela ter sido a única empresa do país a ter colaborado ativamente na luta pelo reconhecimento da profissão do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional no Brasil, conquista obtida em 13 de outubro de 1969 (DECRETO LEI Nº 938). Na época, a mobilização da empresa ajudou muito. “A Carci abraçou a causa, oferecendo produtos e alguns equipamentos para serem rifados com a arrecadação destinada À CAUSA”, lembra Orlando de Carvalho, atual diretor da empresa. O pioneirismo do Sr. Ivo de Carvalho, em pleno Regime Militar, foi uma mostra de uma empresa que pensa os fundamentos do mercado onde atua e luta para desenvolvê-los.

            Naquele episódio, o esforço de apoiar a criação das profissões de forma regulamentada gerou resultados para todos, com destaque para a indústria da área, que se dinamizou para atender a novas demandas. O Brasil, que sempre foi recordista em acidentes de trabalho, abriu novos espaços para atender esse tipo de paciente, que usava exatamente os profissionais das duas recém-regulamentadas profissões. O Governo Federal, bem como Estados e Municípios, conforme suas atribuições e capacidades, passaram a credenciar Clínicas de Fisioterapia e estas por sua vez buscaram equipamentos que, em sua maioria, não eram fabricados no Brasil. Criou-se um ciclo de desenvolvimento. Um dos exemplos disso foi o “Turbilhão para Hidromassagem com Tanque de Aço Inox”, cuja versão produzida pela Carci agradou em cheio o mercado. E não foi sucesso só no Brasil não. Neste caso a repercussão do produto foi tão boa que esse foi o primeiro item da empresa a ser exportado, em 1974, lançando a Carci no mercado internacional. A linha de produtos, o corpo técnico e a malha de atendimento e vendas aumentaram e o desenvolvimento ao longo dos anos fizeram a empresa crescer e consolidar-se como uma grande fornecedora do setor. A Carci trabalhou e se especializou no desenvolvimento de soluções para atender o “Ciclo de Recuperação”: avaliação, tratamento, recuperação e bem-estar. Dentro disso, suas tecnologias estão disponíveis em: Eletroterapia, Termoterapia, Hidroterapia, Mecanoterapia, Avaliação Física e Acessibilidade.

            Esse esforço do dia-a-dia, associado a uma visão estratégica de crescer e adquirir tecnologias qualificaram a Carci para novas ações no Brasil e para uma maior inserção internacional. Em 1996, a empresa integrou um grupo de oito empresas em um stand coletivo na Feira MEDICA em Düsseldorf, Alemanha, mostrando ao mundo a força da indústria brasileira e, desde então, a Carci tem seu espaço reservado no evento, o que proporciona a cada edição a obtenção de mais contratos com dezenas de países de todo o mundo.

            No contexto de sua expansão internacional e no Brasil, a Carci, além das certificações do Ministério da Saúde, tanto para a linha de produtos fabricados quanto para importados, também foi a primeira empresa brasileira do setor a obter a certificação CE – Comunidade Europeia, chancela que atesta sua qualidade e possibilita o fornecimento de produtos para Europa e para países que aceitam a marca como referência de boa origem. Outro aspecto que a Carci desenvolveu, além das exportações, foi sua linha de importações. Para atender a demanda por produtos que ela não produzia, mas que eram necessários aos profissionais, surgiu uma forte divisão de importação e distribuição de produtos que trouxe maior qualidade e modernidade para o país. Como as marcas:  Biodex, Qualisys, Saehan, entre outras.

            Para a Carci o ano de 2019 não foi diferente do que foi para todo o setor da saúde: um ano difícil. Mesmo assim houve destaque na linha de Cadeiras Higiênicas (em PVC); nos eletrodos autoadesivos para eletroterapia; na mesa ortostática com dois motores, que facilita o trabalho de transferência do paciente do leito ou da cadeira de rodas para a mesa e vice-versa, além da Mesa Tilt, para cardiologia. Em 2020 a expectativa da Carci é lançar ao menos um novo equipamento e atuar para atender ao mercado, trabalhando da melhor forma possível para que Estados e Municípios possam investir e a economia responda de forma positiva para que a indústria, comércio e serviços do setor possam atuar num bom ritmo.

            A Carci tem uma história que orgulha o Brasil. Foi pioneira em diversos setores. A primeira empresa brasileira a nacionalizar produtos de fisioterapia. A primeira também a importar as mais modernas tecnologias do mundo, adaptando-as para ao mercado nacional, contribuindo desde sua fundação para a atualização tecnológica do setor da saúde, com destaque para o setor de fisioterapia. Esse comprometimento levou os produtos Carci para diversos países no mundo e fizeram da empresa líder no fornecimento de produtos na área de Fisioterapia e Reabilitação Física, com cerca de 60 % de participação no mercado brasileiro. Um grande feito que resulta da confiança e o respeito de seus clientes, confiança e respeito que ela vai continuar a merecer agora e no futuro. “Não vamos parar ! Já chegando aos 54 anos e a Carci se renova e está pronta a novos desafios, para continuar oferecendo produtos para fisioterapia, reabilitação, mobilidade e qualidade de vida”, finaliza Orlando.