Vídeos de depoimentos de Pessoas com Deficiência sobre a indignação a respeito do IPVA-SP estão circulando as redes sociais: e agora governo do Estado ?

Provocadas pelo jornalista Abrão Dib Jr. (Diário PcD – Ex-Sistema Reação) e pela Comissão 48, pessoas com deficiência de todo o Estado de SP estão gravando depoimentos indignados e mostrando-se insatisfeitos com o posicionamento do governo paulista em relação à cobrança de IPVA de pessoas com deficiência que, até 2020, eram isentos do imposto pelo benefício da isenção que lhes cabia.

Os alvos maiores desses depoimentos vem sendo o próprio governador João Dória, que foi o grande mentor do PL 529 que originou essa confusão, além dos deputados estaduais da base governista, do secretário da fazenda de SP Henrique Meirelles, mas, principalmente, a maior cobrança está recaindo sobre a secretária da pessoa com deficiência do estado, Célia Leão, que é cadeirante e foi deputada estadual por vários mandatos.

Célia Leão, não só por ser a secretária da pasta, mas por sentir na pele o que é ser uma pessoa com deficiência em seu dia a dia, tem sido cobrada veementemente pelas suas declarações e principalmente por suas ações, que segundo as PcD paulistas, não condizem com alguém que está ocupando uma pasta no governo para representar as pessoas com deficiência.

Um dos depoimentos mais acirrados e mais contundentes dentre dezenas deles, foi o do santista Fábio Azevedo, esposo de uma pessoa com deficiência. Ele pede que a secretária o receba, cara a cara, olho no olho, para dar satisfação pelos seus atos e declarações.

Assista ao vídeo na íntegra, enviado ao Diário PcD e que está viralizando na rede e nos grupos de whatsapp: https://www.youtube.com/watch?v=mBMlDhYyxAw