Yara abre vagas para programa de desenvolvimento acelerado de PCDs em todo o Brasil

A Yara abriu as inscrições para seu programa “Inclusão em Ação 2020”, uma iniciativa inédita que promove a contratação e o desenvolvimento acelerado de Profissionais com Deficiência (PCDs), de forma que a pessoa seja respeitada, valorizada e incluída, estimulando assim a diversidade e a chegada de novos profissionais na empresa. Nesta edição, serão selecionadas 40 PCDs para atuar nas cidades de São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Cubatão (SP), e outras unidades, com foco nas áreas: Recursos Humanos; Tributário; Segurança; Contabilidade; Marketing; Manutenção; Infraestrutura; Logística e Compras. Na operação, há vagas para produção, manutenção, melhoria contínua etc.

O cronograma de ações tem início em novembro, já na admissão do colaborador, respeitando as particularidades de um onboarding totalmente acessível. Envolve também o acompanhamento desse profissional durante todo o seu primeiro ano na empresa, com dinâmicas e treinamentos específicos para competências técnicas e comportamentais. “Identificamos a área de atuação mais indicada conforme o perfil de cada profissional, para que seja colocado em prática um cronograma de desenvolvimento que valorize realmente o Profissional com Deficiência, inclusive com o acompanhamento direto das lideranças”, explica Carlos Lienstadt, vice-presidente de Recursos Humanos e Comunicação da Yara Brasil.

Além da integração e desenvolvimento durante o programa, a ideia é que o profissional construa carreira na empresa. Para isso, foram estabelecidas algumas atividades de avaliação e melhoramento constante da iniciativa, como rodas de conversa entre funcionários e entre líderes, e canais de comunicação personalizados. A Yara também mantém uma política de Inclusão & Diversidade bem estruturada, que vem ganhando ainda mais força nos últimos anos, com um olhar voltado para a pluralidade de gênero, raça, etnia e orientação sexual. “Um de nossos pilares de atuação é o ‘Diferente&Igual’, um grupo de trabalho e apoio aos profissionais com deficiência para promover o debate e a mudança em toda a organização”, acrescenta Lienstadt.

Os candidatos interessados em participar do processo seletivo devem ter concluído o Ensino Médio ou Técnico e/ou estar cursando o Ensino Superior; apresentar laudo médico e ter experiência de mercado. Como empresa signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU (WEP, sigla em inglês), terão prioridade candidatas do gênero feminino. Para se candidatar, basta acessar o site https://www.bigland.co/ca/yara-inclusao-em-acao e fazer o cadastro até 30 de outubro.

Font Resize